Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 11/02/2021 ás 12h13

Motoristas e cobradores de ônibus realizam protesto no centro de Teresina

A categoria reivindica os pagamentos referente ao mês de janeiro que estão atrasados.
Motoristas e cobradores de ônibus realizam protesto no centro de Teresina
Cobradores e motoristas fazem manifestação no centro de Teresina. Foto: Luís Marcos

Em greve há quatro dias, motoristas e cobradores de ônibus fizeram uma manifestação nesta quinta-feira (11) na avenida Frei Serafim, no centro de Teresina. A categoria reivindica os pagamentos referente ao mês de janeiro que estão atrasados.  

Os manifestantes ocuparam e fecharam as principais vias da região central e impediram a passagem de quem tentava furar o bloqueio. Ao chegarem na Praça da Bandeira eles permitiram a entrada gratuita de dezenas de usuários nos veículos. Todo o protesto foi acompanhado por agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

Cláudio Gomes motorista há 17 anos explica que tem colegas que não tem nem condições para se alimentar por causa da remuneração atrasada. "Desde o início da pandemia que a gente tá nesse estado de calamidade. Já fizemos muitas denúncias e nada é feito pelas autoridades e é por isso que a gente na aqui na rua, e tentando explicar para a população o porquê de tudo isso, por que quem passa fome não aguenta e os empresários insistem em não querer pagar os salários que a gente tem por direito”, afirmou Cláudio.

A greve seguirá enquanto o Setut não atender as reivindicações dos trabalhadores, como o pagamento integral dos salários, ticket e plano de saúde. A classe conta que não está pedindo aumento dos salários, apenas reivindicando os seus diretos.

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut) vem alegando a impossibilidade de fechamento de acordo da convenção coletiva, devido aos problemas financeiros enfrentados pela empresa. Leia a nota ao fim da reportagem.

A Justiça do Piauí já determinou que as empresas que fazem o transporte coletivo de Teresina garantam a circulação de pelo menos 70% da frota de ônibus do transporte coletivo de Teresina durante os horários de pico. A decisão veio em resposta ao pedido de liminar feito pelo Ministério Público do Piauí, e determina a “adoção de todas as medidas legais e contratuais cabíveis no sentido de garantir a disponibilidade de 70% da frota”.

Comentários
Geral
  • O Boticario - Banner lateral
  • newland
Teresina - PI
Atualizado às 18h45
28°
Alguma nebulosidade Máxima: 32° - Mínima: 22°
31°

Sensação

9 km/h

Vento

70%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2022 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp