Política
Eleições 2018
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Postada em 08/03/2018 ás 08h48 - atualizada em 09/03/2018 ás 07h49
Fonte: Redação

Mulheres trabalham quase o dobro de horas que homens em atividades domésticas

A coordenadora do IBGE diz que essa rotina impõe às mulheres desigualdade na busca por oportunidades de emprego
Mulheres trabalham quase o dobro de horas que homens em atividades domésticas
(Foto: ilustrativa)

As mulheres no Brasil dedicam 73% mais horas da semana para cuidar de casa, quase o dobro que os homens. É o que aponta um estudo publicado ontem (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre as desigualdades entre os gêneros no país. 

Segundo o levantamento, em 2016, as mulheres dedicaram 18,1 horas semanais, enquanto os homens levaram 10,5 horas. Portanto, as mulheres trabalharam 7,6 horas amais com afazeres domésticos. Esse total equivale a 73% tempo a mais gasto. 

A nível regional, a maior desigualdade está na região Nordeste. Estimasse que o público feminino dedique 19 horas semanais para este tipo de afazer, o que representa 80% tempo a mais.  

 

Para as mulheres pretas ou pardas o tempo para cuidar de casa eleva-se, chegando às 18,6 horas semanais nesta atividade. No entanto, em relação aos homens considerando de mesma cor e raça, o valor pouco varia. 

Para a coordenadora do IBGE, Barbara Coco, "em função dos afazeres domésticos, muitas mulheres tendem a buscar ocupações com horários flexíveis". Apesar das mulheres possuírem maior escolarização, tendo uma taxa de frequência diária escolar 10,3% maior que os homens, elas acabam por receber somente 76,5% dos rendimentos masculinos. 

 

Por fim, os dados apontam que: 

95,7% das mulheres prepararam ou serviram alimentos, arrumar a mesa ou lavar louça, comparado com 58,5% dos homens; 

90,8% das mulheres realizaram limpeza ou manutenção de roupas ou sapatos, comparado 55,7% dos homens;  

77,9% das mulheres limparam ou arrumaram a casa, garagem, quinta ou jardim, comparado com 67,3% dos homens;  

71,3% das mulheres cuidaram da organização da casa, como pagar contas, contratar serviços e orientar empregados, comparado com 69,0% dos homens;  

76% das mulheres fizeram compras ou pesquisa de preços de bens para a casa, comparado com 68,2% dos homens;  

 

42,4% das mulheres cuidaram dos animais domésticos, comparado com 37,5% dos homens; 

Comentários
Geral
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 23:18

28º

Min 22º Max 34º

Nublado

6:2 am 5:54 pm 48% 17.70 km/h
RAPIDINHAS
Postada em 11/05/2018 ás 08h38

O Piauí é um dos estados que apresentaram maior crescimento nos gastos com a previdência de servidores, entre 2005 e 2016. Os dados, divulgados por Estadão, são de um levantamento realizado pelo economista piauiense Raul Velloso. O estudo aponta ainda que neste período, os gastos dos estados - na média - cresceram até 111%, chegando aos R$ 163 bilhões no último ano. Além do Piauí, Sergipe e Santa Catarina também registraram aumentos consideráveis nos gastos com a previdência. Os dados completos do estudo serão apresentados em um fórum nacional nesta quinta-feira (10).

Postada em 09/05/2018 ás 08h26

Não houve acertadores para as seis dezenas do concurso 2.038 da Mega-Sena, realizado nesta noite (8), em Maravilha (SC). As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 26 – 35 – 38 - 40. O prêmio estimado era de R$ 28 milhões. A estimativa de prêmio do próximo concurso, que ocorre na próxima quinta-feira (10), é distribuir R$ 30 milhões. A Quina teve 28 apostas ganhadoras, e cada um vai levar R$ 65.960,70. Outras 2.768 pessoas ganharam na Quadra, com prêmio de R$ 953,18 para cada.

Postada em 06/03/2018 ás 09h53

Há exatos 5 anos, no dia 6 de março de 2013 morreu o cantor e compositor da banda Charlie Brown Jr, Chorão. Fãs prestam homenagem na Internet ao ídolo.

Postada em 22/02/2018 ás 10h20

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou, nesta sexta-feira (16/02), os dados do setor de planos de saúde que são disponibilizados para consulta na Sala de Situação. Os números relativos a janeiro confirmam a tendência de estabilidade que vinha sendo observada ao longo de 2017, com leve crescimento tanto no comparativo mensal como no comparativo dos últimos 12 meses. São 47,4 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares no país, 119,5 mil a mais que o número registrado em dezembro e cerca de 64 mil a mais em relação a janeiro do ano passado.

Postada em 22/02/2018 ás 10h19

Com o objetivo de supervisionar e assegurar o exercício legal da profissão, o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) realizou a fiscalização em 75 empresas no último ano. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 12 mil em multas aplicadas.

Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2018 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium