Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 20/05/2021 ás 09h38

Após falha no sistema, tarifa de ônibus de 30 mil estudantes é cobrada a mais cara

Estudantes registraram a cobrança de R$ 2 na meia-passagem, que custa R$ 1,35.
Foto: Arquivo Pessoal/Fonte

Uma falha no sistema de bilhetagem do transporte público de Teresina, fez com que estudantes pagassem R$ 2 na meia-passagem de ônibus, ao invés de R$ 1,35. O fato acorreu nesta quarta-feira (19) e foi confirmado pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), que disse estar resolvendo prontamente o problema.

Devido a falha, mais de 30 mil estudantes foram atingidos com a cobrança irregular. A Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas de Teresina (Ames) informou que o aumento está totalmente ilegal e que não é a primeira vez que acontece esse tipo de falha. A instituição destacou que os erros na bilhetagem sempre cobram a tarifa a mais e nunca a menos.

O Setut ressaltou que está verificando a melhor forma de realizar o ressarcimento dos valores aos estudantes e que o fará, o mais breve possível. No entanto, o estudante precisará ir na sede para fazer o processo. O Setut não deu prazo para a normalização da cobrança da meia-passagem.

 

Confira a nota do Setut:

“O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) informa que constatou um erro nas configurações de cobrança eletrônica da passagem de ônibus e que já está resolvendo prontamente a falha com o sistema de bilhetagem.

A entidade ressalta que está verificando a melhor forma de realizar o ressarcimento dos valores aos estudantes e que o fará, o mais breve possível. No entanto, o estudante precisará ir ao SETUT para fazer o processo.”

 

Veja nota da Ames:

“Hoje, 19/05, o Diretório Central dos Estudantes ( DCE UFPI )  e a Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas de Teresina ( AMES TERESINA )  tomou conhecimento após ser procurado por vários alunos que relataram um desconto de R$2,00 da passagem dos estudantes, ou seja, o aumento de R$ 0,65.

O aumento está totalmente ilegal e mais uma vez o SETUT tenta dar um golpe nos estudantes de forma covarde.

O aumento da passagem só pode ocorrer mediante a reunião do Conselho Municipal de Transporte de Teresina, onde o DCE ocupa uma cadeira, e onde não houve nenhuma comunicação com a entidade sobre o fato.

Não é a primeira vez que o SETUT faz um aumento irregular da passagem dos estudantes. Em nota, empresários no final do dia afirmaram erro do sistema, o que é interessante pois são comuns erros como esses sempre cobrando a mais e nunca a menos. O DCE tentou entrar em contato com o Setut, mas sem sucesso.

Cobramos imediata a devolução dos recursos e o retorno do valor atual que já é abusivo.

Vale ressaltar que o Setut vem destruindo o transporte coletivo, passagens caras, falta de ônibus e chegando até a passar 5 meses sem pagar funcionários.

Inclusive está sendo investigado na CPI do transporte na Câmara de Vereadores de Teresina.

Estamos de olho!”

Comentários
Geral
  • newland
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
Teresina - PI
Atualizado às 15h26
37°
Nuvens esparsas Máxima: 39° - Mínima: 23°
39°

Sensação

16.3 km/h

Vento

35%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp