Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 12/07/2018 ás 10h02 - atualizada em 12/07/2018 ás 10h28

Mulher incendiada viva morre depois de duas semanas internada no HUT

O corpo de Carla está sendo velado na casa da família, no bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina.
Mulher incendiada viva morre depois de duas semanas internada no HUT
A operadora de telemarketing, Carla Pereira de Abreu, de 25 anos. Foto: Reprodução

Depois de duas semanas internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), morreu a operadora de telemarketing, Carla Pereira de Abreu, de 25 anos, incendiada viva em Teresina. Ela e o marido, que também morreu em decorrência das chamas, estavam dormindo quando foram surpreendidos pelo fogo. 

José Fernando Pereira Gonzaga, 47 anos, cunhado de Carla, é apontado como suspeito do incêndio criminoso. Ele teria transtornos psicológicos e está internado em um hospital psiquiátrico. 

Carla sofreu queimaduras em de 50% do corpo. Já o marido dela e o irmão suspeito, Luís Pereira Gonzaga, 54 anos, teve mais de 80% do corpo queimado. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

O corpo de Carla está sendo velado na casa da família, no bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina. O sepultamento ainda não tem hora definida, mas acontecerá no cemitério São José.

Comentários
Polícia
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
  • newland
Teresina - PI
Atualizado às 00h45
26°
Alguma nebulosidade Máxima: 36° - Mínima: 25°
28°

Sensação

11 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp