Política
Eleições 2018
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Postada em 12/09/2018 ás 18h24 - atualizada em 12/09/2018 ás 18h33

Operação do MP-PI suspeita que Secretário de Turismo licitou obras já realizadas

Investigação vai descobrir suposta 'farra das licitações' no Piauí.
Operação do MP-PI suspeita que Secretário de Turismo licitou obras já realizadas
Flávio Nogueira Júnior era secretário de Turismo no Piauí.

O Ministério Público do Estado do Piauí – MPE-PI, por meio da 44ª Promotoria de Justiça de Teresina, do Tribunal de Contas do Estado - TCE, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no Piauí (GAECO) e da Polícia Rodoviária Federal - PRF, realizaram, na manhã desta quarta (12), a Operação Itaorna, visando dar cumprimento a mandados de busca e apreensão para coibir a prática de fraudes em licitações em secretarias do Governo do Estado do Piauí, sob a gestão do governador Wellington Dias (PT).

De acordo com informações de bastidores, o foco da operação foi arrecadar provas de um ‘grande’ esquema de licitação que envolve as Secretarias de Turismo, Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Instituto de Desenvolvimento do Piauí - IDEPI, Coordenadorias de Desenvolvimento Social e Lazer, Coordenadoria de Combate à Pobreza Rural. Também foram cumpridos.

A grande suspeita da investigação órgãos de controle é que o esquema funcionaria da seguinte forma, as Secretarias realizavam licitações de obras nos municípios, porém a empresa que ganhava a licitação, como combinado não realizava a obra por inteiro, ou mesmo, nem sequer iniciava. Sem fiscalização, esse mesmo local era licitado novamente para realização total da obra, sem que a empresa fizesse totalmente a obra. Assim, apesar de paga com dinheiro público, mesmo pagando duas vezes pelo mesmo serviço a obra não era realizada a contento. Assim, os ‘lucros’ sobrariam para gestores, membros da comissão de licitação, empreiteiros e todo que topassem e ajudassem a encobrir a ‘parada’.

Vale se destacar que a investigação do MP-PI e TCE-PI participaram no Piauí recai sobre obras realizadas pelo DER-PI e, posteriormente, pela Secretaria de Turismo do Piauí, que até poucos dias atrás tinha como secretário, o deputado Flávio Nogueira Júnior, filho do suplente de deputado Federal Flávio Nogueira. Apesar do afastamento de ‘Flavinho’ por conta da sua candidatura a reeleição como deputado, a Secretaria continua com dominação pela família Nogueira. Assim, como foi feito nas incontáveis secretarias ‘retalhadas’ pelo Governador do Estado aos seus aliados.

Só mudou o nome

No Estado, é possível verificar através de documentos, alguns locais com duplicidade de obras, mas com nomes diferentes. É o caso dos serviços de recuperação em revestimento primário e construção de bueiros, terraplanagem na rodovia PI – 339, no trecho PI-364 / do município de Lagoa Alegre (PI) ao Povoado Vinagreira até Entrada da PI -113, em José de Freitas (PI), com uma extensão de 35 km e 6 metros de largura, cuja licitação foi finalizada em 2013, com orçamento de R$ 1.140.850,87, oriundos do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) do Piauí. (Veja abaixo!)

Entretanto, é de se estranhar que uma obra tão complexa precisasse ser refeita há menos de quatro anos depois, já que em 2017, esse mesmo trecho de rodovia, agora com nomenclatura “contratação de empresa especializada para recuperação de estrada vicinal com revestimento primário nos trechos de União até PI-366, que liga José de Freitas, no município de União”, precisou ser refeito. Já que foi licitado em 21/03/2017, agora pela Secretaria de Turismo, sob a gestão do secretário Flávio Nogueira Júnior, com valor da obra de R$ 1.070.270,15 (mais de 1 milhão).

Agora a vez da Setur

Tem outros casos

Outras obras realizadas pelo IDEPI e, pouco tempo depois, realizadas novamente pela Setur, também levantam suspeitas. Essa obra também é de recuperação de estrada vicinal no município de São Gonçalo do Piauí, em 2014, com valor de R$ 3 milhões, sendo dois depois também sido realizada pela Setur por R$ 710 mil.

A de se pensar, que no período de dois ou três anos, realmente preciso fosse uma recuperação das obras, porém, vale ressalta que uma ‘restauração’ de obra anteriormente já feita, deveria ser infinitamente inferior a realização da primeira obra.

Comentários
Polícia
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 03:20

25º

Min 23º Max 37º

Claro

5:41 am 5:47 pm 56% 6.44 km/h
RAPIDINHAS
Postada em 11/05/2018 ás 08h38

O Piauí é um dos estados que apresentaram maior crescimento nos gastos com a previdência de servidores, entre 2005 e 2016. Os dados, divulgados por Estadão, são de um levantamento realizado pelo economista piauiense Raul Velloso. O estudo aponta ainda que neste período, os gastos dos estados - na média - cresceram até 111%, chegando aos R$ 163 bilhões no último ano. Além do Piauí, Sergipe e Santa Catarina também registraram aumentos consideráveis nos gastos com a previdência. Os dados completos do estudo serão apresentados em um fórum nacional nesta quinta-feira (10).

Postada em 09/05/2018 ás 08h26

Não houve acertadores para as seis dezenas do concurso 2.038 da Mega-Sena, realizado nesta noite (8), em Maravilha (SC). As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 26 – 35 – 38 - 40. O prêmio estimado era de R$ 28 milhões. A estimativa de prêmio do próximo concurso, que ocorre na próxima quinta-feira (10), é distribuir R$ 30 milhões. A Quina teve 28 apostas ganhadoras, e cada um vai levar R$ 65.960,70. Outras 2.768 pessoas ganharam na Quadra, com prêmio de R$ 953,18 para cada.

Postada em 06/03/2018 ás 09h53

Há exatos 5 anos, no dia 6 de março de 2013 morreu o cantor e compositor da banda Charlie Brown Jr, Chorão. Fãs prestam homenagem na Internet ao ídolo.

Postada em 22/02/2018 ás 10h20

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou, nesta sexta-feira (16/02), os dados do setor de planos de saúde que são disponibilizados para consulta na Sala de Situação. Os números relativos a janeiro confirmam a tendência de estabilidade que vinha sendo observada ao longo de 2017, com leve crescimento tanto no comparativo mensal como no comparativo dos últimos 12 meses. São 47,4 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares no país, 119,5 mil a mais que o número registrado em dezembro e cerca de 64 mil a mais em relação a janeiro do ano passado.

Postada em 22/02/2018 ás 10h19

Com o objetivo de supervisionar e assegurar o exercício legal da profissão, o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) realizou a fiscalização em 75 empresas no último ano. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 12 mil em multas aplicadas.

Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2018 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium