Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Downloads
  • ITTNet
  • Ilhotas Padaria
  • Grupo CEV (atualizado 29-07)
  • Campanha Pró Piauí
  • Secretaria Estadual de Saúde
  • SESAPI Dengue
Blog do Lucas Silva

Blog do Lucas Silva

86 3085 3892

Postada em 21/11/2018 ás 10h55 - atualizada em 21/11/2018 ás 11h30
Fonte: Por Lucas Silva

Jurista diz que governo do Piauí é negligente com a saúde

A situação da maternidade é um caos. Os profissionais da saúde que lá trabalham denunciam a falta de equipamentos, medicamentos e insumos para os atendimentos dos pacientes
Jurista diz que governo do Piauí é negligente com a saúde

A maior maternidade pública do Piauí, Dona Evangelina Rosa, amanheceu hoje (21) com as portas fechadas para casos de baixa e média complexidade. Isso por que o Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI) realizou uma interdição parcial na maternidade na tarde de ontem, dada a falta de condições mínimas de atendimento na maternidade.

A situação da maternidade é um caos. Os profissionais da saúde que lá trabalham denunciam a falta de equipamentos, medicamentos e insumos para os atendimentos dos pacientes. Após uma vistoria de fiscalização realizada em julho, o CRM-PI constatou irregularidades e requereu soluções ao governo. Só que nada foi feito e a omissão do governo agrava ainda mais o problema.

Segundo um levantamento do jornal Folha de São Paulo divulgado em julho, o Piauí aparece entre os estados onde a taxa de mortalidade infantil é gravissíma, sendo maior que a média nacional. Enquanto a média do Brasil é de 5%, no Piauí é de 19,5%, havendo um aumento de 14,5% entre 2005 e 2017.

Um dos motivos para este descaso é a falta de estrutura da Maternidade Evangelina Rosa, segundo alerta o CRM-PI. Por conta do descaso no prédio da maternidade, o governo do Piauí é alvo de ações do Ministério Público Estadual e Federal desde agosto deste ano. 

São alvos também desta ação: o atual secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, gestores da maternidade e a União. O MP-PI classificou a gestão como "desastrosa" e "patrimonialista".

Para o jurista, Valter Alencar “A maternidade sofreu uma interdição em razão do descaso geral com saúde do nosso Estado e a população precisa se unir para mudar um governo que não está preocupado com essa situação".

Comentários
Saúde
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 00:18

25º

Min Max

Alguma nebulosidade

61% 13 km/h Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium