Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Downloads
  • Grupo CEV
  • Secretaria Estadual de Saúde
  • SESAPI Dengue
  • Colegio St Marcelina
  • Campanha Pró Piauí
  • ITTNet
  • Ilhotas Padaria

Parnaíba

Por Redação

86 3085 3892

Postada em 04/11/2019 ás 14h41 - atualizada em 05/11/2019 ás 08h57

Supermercados de Parnaíba recebem equipe de fiscalização do Procon e da Vigilância Sanitária

Nos três estabelecimentos visitados foram encontradas irregularidades no estado de conservação e nos prazos de validade de alguns alimentos.
Supermercados de Parnaíba recebem equipe de fiscalização do Procon e da Vigilância Sanitária
Integrantes do Procon, Vigilância Sanitária e Promotoria de Justiça de Parnaíba apreenderam produtos irregulares. Foto: Reprodução/ MPPI

Três supermercados do município de Parnaíba, no litoral do estado, receberam uma equipe de fiscalização com integrantes do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e da Vigilância Sanitária juntamente com a 2ª Promotoria de Justiça de Parnaíba para verificar se os produtos comercializados estavam adequados para o consumo. Nos três estabelecimentos foram encontradas irregularidades no cumprimento de prazos de validade e nas condições de conservação de alimentos, por exemplo. 

Foram apreendidos e inutilizados produtos com prazo de validade vencido, como cerveja, suco, batata frita e pães. Além disso, 989 quilos de carne de sol, carne suína, carne de frango, carne de carneiro e carne moída, em decorrência da falta de comprovação de inspeção prévia pelo órgão competente. E  81 quilos de frios (queijo, presunto, salsicha e linguiça) receberam a mesma destinação, por conta da ausência de rotulagem e de indicação de prazo de validade e data de fabricação.

Foram apreendidos mais 327 quilos entre produtos para feijoada, carnes, frangos e suínos, que estavam inadequadamente acondicionados e impróprios para o consumo. Foram encontrados três pacotes de camarão sem informação da data de validade. A equipe também verificou as condições de higiene no manuseio dos frios e refeições (self-service) e a regularidade da realização de dedetizações.

O Procon e o Ministério Público do Piauí lavraram três autos de infração, que darão origem a processos administrativos, nos termos da Lei Complementar n° 36/04. Os fornecedores têm o prazo de 15 (quinze) dias para apresentar impugnação.

Comentários
Cidades
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 12:46

33º

Min 24º Max 35º

Muitas nuvens

49% 11 km/h Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel
#ConselhoDoDia
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium