Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 25/11/2019 ás 10h46 - atualizada em 25/11/2019 ás 11h19

Projeto treina profissionais para identificar marcas de violência doméstica

A ação acontece em alusão ao Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher.
Projeto treina profissionais para identificar marcas de violência doméstica
Alba Vilanova, presidente da Comissão de Apoio à Vítima de Violência, será uma das palestrantes do 'Não Maquie essa Verdade!'. Foto: Reprodução/ OAB-PI

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí (OAB-PI), realiza o “Não maquie essa verdade!” hoje (25), às 18h, no Lylla Centro de Beleza e Estética, por meio da Comissão de Apoio à Vítima de Violência. No projeto, profissionais do setor de beleza como maquiadoras e cabeleireiras, serão treinadas para identificar marcas de violência doméstica.

O evento realizado em alusão ao Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, comemorado hoje, treina esteticistas, manicures, cabeleireiras, maquiadoras e outras profissionais do ramo para reconhecer clientes e colegas de trabalho que sofrem relacionamento abusivo, para ajudar as mulheres a denunciarem. Segundo Alba Vilanova, Presidente da Comissão de Apoio à Vítima de Violência, esta é uma ação alusiva aos 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher 2019.

“Este projeto acontecerá mensalmente no dia 25, Dia Laranja Pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, ressaltando o compromisso mundial de adoção da Agenda pelo Desenvolvimento Sustentável 2030”, afirma Alba.

O Projeto tem o apoio da Comissão da Mulher Advogada, de salões, clínicas e centros de estética de Teresina.

21 Dias de Ativismo

A Organização das Nações Unidas (ONU), em 1991, idealizou uma campanha anual global chamada de “16 dias de ativismo”, para debater questões relacionadas à violência contra as mulheres. Essa campanha tem início todo dia 25 de novembro, Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, e termina após 16 dias, no dia 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos. No Brasil, os 16 dias se estenderam para 21. As atividades começam antes, no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, por conta da dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras.

Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher

Em 1999, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu 25 de novembro como o Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, em homenagem às “Mariposas”. No dia 25 de novembro de 1960, as irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, foram brutalmente assassinadas pelo ditador Rafael Leônidas Trujillo, da República Dominicana. As três combatiam fortemente aquela ditadura e pagaram com a própria vida. Seus corpos foram encontrados no fundo de um precipício, estrangulados, com os ossos quebrados. As mortes repercutiram, causando grande comoção no país. Pouco tempo depois, o ditador foi assassinado.

Caption
Comentários
Geral
  • newland
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
Teresina - PI
Atualizado às 22h27
31°
Alguma nebulosidade Máxima: 39° - Mínima: 24°
34°

Sensação

6 km/h

Vento

55%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp