Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 17/04/2018 ás 22h48 - atualizada em 17/04/2018 ás 22h59

A fé que inspira a criação: conhecendo mais sobre a arte santeira

Grande manifestação da cultura popular, a arte santeira tem intensa representação na região Nordeste
A fé que inspira a criação: conhecendo mais sobre a arte santeira
Arte Santeira, símbolo da cultura do Piauí (Imagem: Reprodução)

Hi! How are you? Hoje vamos falar sobre duas coisas que para mim são muito importantes: a arte e a fé. A religiosidade é um elemento presente na vida de muitas pessoas, sendo assim, é natural que existam manifestações artísticas que se dediquem a representar a fé. Este é o caso da produção voltada à temática sacra, conhecida também como arte santeira, que, com o passar dos anos, tornou-se tradição, especialmente no Nordeste do Brasil.

Essa forma de expressão, por sua vez, está intimamente ligada a um caráter mítico, representa a fé que os cristãos depositam em suas crenças e, sendo uma manifestação que, além de respeito e admiração, envolve apego. Ao observar uma figura santa, independente da forma como ela é expressa (imagem, escultura ou outras formas de representação), os fiéis fazem reverência a toda à devoção espiritual que construíram ao longo de suas vidas.

Como citei, o Nordeste é referência em arte santeira, e no ápice está nossa arte piauiense, que é destaque quando se trata de trabalhos voltados à representação religiosa. Hoje, centenas de artesãos no Piauí se dedicam à arte santeira, um dos maiores pilares de nossa cultura.  

O precursor da arte santeira em nosso estado foi Mestre Dezinho. Ele chegou a Teresina para trabalhar como operário na construção da Igreja Nossa Senhora de Lourdes. Ele produziu bancos para a igreja e em sua casa teve o seu talento como escultor descoberto pelo padre Francisco Carvalho, que encomendou esculturas para a igreja, que marca o início da trajetória de Mestre Dezinho. Hoje suas peças encontram-se nas mãos de colecionadores, museus e igrejas do Piauí.

Escultura de Mestre Dezinho (Imagem: Reprodução)

Hoje temos o grande Mestre Expedito, maior representante da arte santeira no Piauí. Escultor natural de Domingos Mourão, se dedica há mais de 50 anos a essa arte, além de passar pela pintura. Mestre Expedito começou sua carreira como marceneiro em sua cidade, depois mudando-se para Teresina para desenvolver mais o seu trabalho. Trabalhou ao lado de Mestre Dezinho, com peças que encontraram seu lugar em igrejas da cidade. Em suas esculturas é recorrente a representação de São Francisco, Nossa Senhora da Conceição, Santo Antônio e anjos.  Seu trabalho impressiona, dá orgulho para a arte piauiense. O artista possui esculturas em igrejas de várias partes do Brasil e no exterior, além de ter conquistado prêmios por sua arte. Como galerista, tive o prazer de receber Mestre Expedito e suas esculturas em exposições da minha galeria Montmartre.

São Francisco de Assis, escultura de Mestre Expedito em exposição da Montmartre (Imagem: Acervo pessoal)

Mestre Dezinho e Mestre Expedito trabalharam juntos e ambos possuem trabalhos admiráveis, cada um com seu estilo e características próprias, o que é importante ressaltar. Dezinho explora traços mais primitivos, destacando a representação das feições do santo, já Expedito se aproxima mais do estilo barroco, mantendo as proporções anatômicas e a escala natural do corpo humano.

Aqui, temos o Salão de Arte Santeira, que retornou em 2017 premiando os maiores artesãos do estado, mostrando a importância dessa representação para nossa cultura. O Salão já teve 14 edições e premia os melhores trabalhos nas categorias: entalhe, escultura e artes plásticas. É uma grande oportunidade para reconhecer os talentos da atual geração da arte santeira no Piauí.

Gostaram? Sabermos mais sobre essa riqueza cultural que temos é muito importante para nós. Arte santeira é cultura, é fé e tradição! Vamos às dicas de hoje?

16ª Semana dos Povos Indígenas -  Museu do Piauí – Casa de Odilon Nunes até o dia 19 de abril com programação de exposições abordando a diversidade cultural dos povos indígenas.

 

Exposição “Corpo”, de Evaldo Oliveira. De 20 de abril a 20 de maio na Montmartre Arte e Galeria.

 

Comentários
Cultura
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
Teresina - PI
Atualizado às 20h54
27°
Alguma nebulosidade Máxima: 33° - Mínima: 24°
31°

Sensação

6.1 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
  • Ban - Lateral - Momentos Cidade Junina
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp