Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 01/07/2020 ás 20h46
Fonte: Com informações do G1 Piauí

Motoristas de ônibus recusam acordo, mas aceitam retorno parcial em Teresina

Motoristas e cobradores de ônibus deflagraram greve no mês de maio deste ano.
Motoristas de ônibus recusam acordo, mas aceitam retorno parcial em Teresina
Motoristas e cobradores de ônibus deflagraram greve em maio. Foto: Fernando Brito/G1

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário do Piauí (Sintetro) recusou a proposta apresentada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), durante uma audiência na segunda-feira (29) com presença de empresários. Entretanto, o sindicato aceitou a proposta alternativa de retorno parcial finalizando a greve dos motoristas e cobradores de ônibus em Teresina. 

O procurador regional do trabalho do MPT-PI, João Batista Machado Júnior, informou que com a aceitação da proposta alternativa pelo Sintetro, a frota de ônibus na capital será de 70% nos horários de pico e de 30% nos demais horários. Esses horários de picos serão distribuídos pela Strans em ordem de serviço, normalmente, três horas pela manhã e três horas no final do dia.

Segundo o presidente do Sintetro, Ajuri Dias, o acordo seria a perda do plano de saúde e do ticket de alimentação, direitos que a categoria não está disposta a perder. “Nós sabemos o momento que vivemos hoje de dificuldade em relação a questão dos atendimentos. Estamos com os planos suspensos em alguns procedimentos, mas nós abrimos mão do plano de saúde e do ticket de alimentação. Nós compreendemos que é um momento difícil, que as categorias elas possam estar tendo um entendimento para sair desse momento ruim de crise, mas não temos condição de abrir mão dos nossos benefícios”, afirmou.

A reunião aconteceu através de videoconferência para respeitar as medidas de distanciamento social em virtude da pandemia da Covid-19, e teve aproximadamente 2 horas de duração.

O procurador Regional do Trabalho no Piauí, João Batista Machado Júnior, alertou, após a reunião, que caso não haja negociação, um dissídio coletivo de greve (ações ajuizadas no Tribunal para solucionar conflitos) poderá acontecer.

Motoristas e cobradores de ônibus deflagraram greve no mês de maio deste ano. Desde então, apenas veículos alternativos têm feito transporte coletivo de passageiros pela capital.

Comentários
Geral
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
Teresina - PI
Atualizado às 05h06
22°
Céu encoberto Máxima: 34° - Mínima: 23°
22°

Sensação

4 km/h

Vento

100%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Senado Federal
  • Ban - Lateral - Momentos Cidade Junina
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp