Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 13/07/2020 ás 11h19 - atualizada em 13/07/2020 ás 11h30
Fonte: Com informações da Ascom

Fortalecimento da estrutura elétrica estimula crescimento da economia piauiense

São mais R$ 31 milhões investidos no estado só em obras para o fornecimento de energia.
Fortalecimento da estrutura elétrica estimula crescimento da economia piauiense
Estrutura da Subestação Cristino Castro. Foto: Divulgação

No contexto de tecnologia e distribuição de energia, o ano de 2020 será marcado pela entrega de cinco novas Subestações de Energia Elétrica e três novas Linhas de Transmissão no Piauí. Quatro Subestações e duas Linhas de Transmissão já estão em operação: uma Subestação na capital e outras três na região dos cerrados. São mais R$ 31 milhões investidos no estado só nessas obras que garantem fornecimento com mais qualidade, robustez e alcance. Com isso a capacidade econômica do estado só aumenta.

As cidades de Bom Jesus, Cristino Castro e a comunidade Nova Santa Rosa, localizada em Uruçuí, ganharam o dobro de potência com a chegada das subestações Quilombo, Cristino Castro e Cerrados, respectivamente. “Investimentos que visam melhorar a infraestrutura são muito bem-vindos não só para a população urbana mas, principalmente, para a rural e aos empreendimentos agropecuários” diz Rafael Maschio, Diretor Executivo da Associação dos Produtores de Soja do Estado do Piauí (Aprosoja-PI).

Subestação Cerrados localizada no município de Uruçuí. Foto: Divulgação

Construída com o que há de mais moderno no setor elétrico, a Subestação Esplanada traz tecnologia de ponta em automação para a região sul de Teresina, proporcionando cinco vezes mais energia no Polo Industrial da capital. A obra teve apoio do Governo do Estado para construção da linha e da Prefeitura de Teresina para cessão do terreno.

O presidente do Centro das Indústrias do Estado do Piauí, Andrade Júnior, fala que o crescimento e as melhorias no fornecimento de energia vai refletir no desenvolvimento do Piauí. “A Equatorial trouxe a solução de um velho problema no Polo Industrial Sul, abrindo um leque de oportunidade para instalação de novas indústrias. Temos a grata satisfação de dizer aos industriais que podemos contar com a Subestação Esplanada, moderna e com alta tecnologia. Acreditamos que agora muito mais poderemos fazer pelo desenvolvimento da nossa cidade e nosso Estado”, conta o presidente do Ciepi.

Vista aérea da área próxima à Subestação Esplanada. Foto: Divulgação

Com previsão de inauguração para dezembro deste ano da Subestação Ininga, outro polo econômico de Teresina que ganhará reforço é a Zona Leste. A obra, com investimento de R$ 11,4 milhões, vai impactar diretamente em mais de 100 mil clientes a atender os anseios da classe empresarial de diversos setores, como entretenimento, alimentação e serviços.

“Quando o Grupo Equatorial chegou ao Piauí, percebemos uma deficiência histórica na estrutura de distribuição de energia elétrica por conta da tecnologia ultrapassada para atender a atual demanda. O estado cresceu e essa estrutura não acompanhou. Assumimos o compromisso de contribuir com o desenvolvimento do Piauí, oferecendo um serviço de qualidade que possa atrair novos investimentos, aumentar os postos de trabalho e com isso fortalecer a economia. As subestações que entregamos na capital e no interior fazem parte dessa nossa missão”, declara Nonato Castro, presidente da Equatorial Piauí.

Comentários
Geral
TV Clube Notícias
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 22h46
30°
Trovoada Máxima: 36° - Mínima: 24°
34°

Sensação

17 km/h

Vento

66%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp