Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads

Teresina

Por Redação
Postada em 16/09/2020 ás 11h02 - atualizada em 16/09/2020 ás 11h14

Resultado do Ideb aponta educação de Teresina em 1º lugar entre as capitais

O Ideb revela a qualidade do aprendizado dos alunos no Ensino Fundamental.
Resultado do Ideb aponta educação de Teresina em 1º lugar entre as capitais
Foto: Reprodução

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira (15), os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O Piauí registrou crescimento expressivo em todas as etapas de ensino avaliadas em 2019, evidenciando a melhora constante e ininterrupta do desempenho da educação no estado desde 2005, quando a série que avalia a qualidade da educação teve início. A rede estadual piauiense teve o terceiro maior crescimento em qualidade de Educação no Brasil.

Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apontam que no Ensino Fundamental – anos iniciais, a rede estadual teve um crescimento de meio ponto percentual, garantindo 6.0 em 2019, 1.5 acima dos 4.5 projetados para este ano. Nos anos finais do ensino fundamental, a rede pública estadual avançou 0.3 pontos em relação ao Ideb anterior, saindo de 4.0 (2017) para 4.3 (2019).

Assim como nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental, o Piauí também teve um aumento positivo no nível do Ensino Médio, registrando crescimento de 3,3 (2017) para 3,7 (2019). Um avanço histórico de 0.4 pontos, tornando-se uma das redes estaduais de Ensino Médio a registrar ganhos no Ideb em todas as edições de forma consecutiva. 

“A principal característica da trajetória do Piauí no Ideb é o crescimento constante desde que a avaliação foi criada até agora. Batemos a meta nos anos iniciais do Ensino Fundamental e crescemos significativamente nos anos finais tanto do Ensino Fundamental como do Ensino Médio. No Ensino Médio, a nota 3.7 nos coloca como o terceiro melhor Ideb entre os estados do Nordeste. Quem faz educação sabe que não é fácil ter um crescimento de 0.4 entre um ciclo de dois anos de medição”, comemora o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera.

De acordo com o gestor, a constante evolução na educação da rede pública é resultado direto dos investimentos que o Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), vem fazendo em programas e projetos que trabalham o avanço dos alunos.

“Trabalhamos com ações específicas como Pacto pela Aprendizagem, Circuito de Gestão Jovem de Futuro e o Mais Aprendizagem, que tem dentro do seu pacote de trabalho a aceleração de aprendizagem em Português e Matemática, além de formações para os professores da rede se manterem sempre atualizados. Além disso, precisamos destacar o valoroso trabalho das escolas na busca de uma educação de cada vez mais qualidade e com foco contínuo na aprendizagem do estudante. O resultado que comemoramos hoje é fruto de um trabalho coletivo”, diz Ellen Gera.

Para o secretário, parcerias importantes como as executadas com a Fundação Lemann e Instituto Unibanco ajudam a fortalecer a gestão escolar e contribuem para o avanço da aprendizagem, combate à evasão, abandono e reprovação dos estudantes. 

E a capital piauiense é novamente a capital brasileira com o melhor desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). O resultado, referente ao ano de 2019, foi divulgado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) nesta terça-feira(15). O índice mede a qualidade na educação pública do país.

Teresina obteve a maior nota tanto em relação ao 5º ano, com 7,4 de média, quanto em relação ao 9º ano, com 6,3. Esta é a segunda vez que Teresina consegue este desempenho no ranking. Os números ultrapassam qualquer meta nacional.

O IDEB revela o nível de aprendizado dos alunos a partir das médias de desempenho  do SAEB (Prova Brasil) e no fluxo escolar, destacando especialmente as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, no Ensino Fundamental. A avaliação acontece a cada dois anos. Desde 2015, a capital piauiense vem alavancando seus resultados, ganhando projeção nacional. Em 2017 chegou ao primeiro lugar no ranking das capitais, deixando para trás grandes redes municipais, como São Paulo e Curitiba.

Em 2017, Teresina já havia alcançado as marcas de 6,8 com as turmas do 5º ano; e 6,0 do 9º ano, o que leva a um crescimento de 0,6 pontos e 0,3 em cada etapa escolar, respectivamente.

“Em meio a uma pandemia, dias difíceis, temos essa notícia maravilhosa. Esperávamos continuar entre os primeiros porque temos confiança no trabalho realizado nos últimos anos, mas sempre gera expectativa. E que bom que estamos novamente com a medalha de ouro. Mostra que a educação de Teresina está no caminho certo”, comemorou Kátia Dantas, secretária municipal de Educação.

Ideb 2019 do Ensino Fundamental entre as capitais — Foto: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)
Foto: 180 Graus
Comentários
Educação
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 22h41
29°
Alguma nebulosidade Máxima: 35° - Mínima: 24°
32°

Sensação

17 km/h

Vento

66%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
  • banner lateral - 24-11 vem pro parque
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp