Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 02/12/2020 ás 13h13

Piauí: presidente do Fecomércio faz balanço do ano de 2020

A expectativa do presidente Valdeci Cavalcante é de que o Natal melhore os números no setor comerciário

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac no Piauí, Valdeci Cavalcante, analisou os dados das vendas do comércio de bens e serviços no estado durante o ano de 2020. De acordo com ele, a pandemia afetou consideravelmente a economia do Piauí, mas aos poucos muitas empresas e instituições estão se restabelecendo. A expectativa do presidente é que com a proximidade do Natal os números melhorem ainda mais.

Foto: Ascom/ Valdeci Cavalcante, presidente do Fecomércio



“Estamos finalizando este ano, que foi completamente atípico por conta da pandemia da Covid-19 que assolou o mundo. A economia de todo o planeta foi afetada e, aos poucos, as empresas e instituições estão se recuperando. Aqui no Piauí a Federação do Comércio lutou muito junto com os empresários para que não parássemos e pudéssemos minimizar os danos no comércio local de bens, serviços e também no setor de turismo”, disse.

Valdeci afirma que, de acordo com dados colhidos pelo IBGE, o início do ano manteve a média dos anos anteriores, porém, a partir de março, devido a pandemia houve uma queda de 3,9% nas vendas do comércio e setor de serviços em relação ao mesmo período do ano passado. Nos meses de abril e maio, no auge da pandemia e quando foram decretados lockdown em várias cidades, a queda foi ainda maior: de 22,8% em abril e 20,4% em maio.  

No mês de junho, quando a pandemia já estava mais controlada, os números apresentaram uma melhora e houve aumento de 16,8% no volume de vendas. Contudo, setembro se destacou como melhor mês registrado este ano, com um aumento de 23,9% nas vendas do comércio varejista no Piauí.

Sobre o pagamento de impostos no estado, incluindo tributos como ICMS e IPVA, dentre outros, os dados apontam que no início do ano, em janeiro, o montante arrecadado foi de R$ 607.513.450,00. Os dados também refletem nos empregos: no mês de setembro, de acordo com estatísticas do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), entraram no mercado de trabalho no Piauí 2.172 pessoas no setor do comércio de bens e 2.698 pessoas no setor de serviços, totalizando 4.870 novos postos de trabalho gerados.

Valdeci ressalta ainda a importância de que os empresários do interior do estado se unam aos novos prefeitos eleitos e exijam deles mais emendas parlamentares e outros recursos públicos para suas cidades. “Senhores gestores públicos, a melhor forma de combater a miséria e a pobreza é incentivar aqueles que produzem riqueza”, finalizou.

Comentários
Economia
Teresina - PI
Atualizado às 07h59
26°
Muitas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 23°
28°

Sensação

6 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
  • banner lateral - 07-12 vem pro parque
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp