Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 04/02/2021 ás 18h50

Cardiologista pediátrico afirma que morte súbita em criança é extremamente raro

A temática foi levantada após o falecimento do estudante de 12 anos no Colégio das Irmãs
Cardiologista pediátrico afirma que morte súbita em criança é extremamente raro
Dr. Marcelo Madeira

Após o falecimento do estudante do Colégio das Irmãs, Pedro Malta Ramos Pachêco, de apenas 12 anos, a temática sobre morte súbita em crianças foi bastante discutida, principalmente nas redes sociais. Em entrevista para o Portal Clube Notícias, o cardiologista pediátrico, Dr. Marcelo Madeira, explicou que a morte súbita é extremamente raro em crianças e jovens.

"A morte súbita é um evento extramento raro. A morte súbita é mais comum em adultos. Em adultos, acima de 35 a 45 anos, uma das principais causas da morte súbita é o infarto fulminante  além das arritmias. Em pacientes, com menos de 35 anos e, principalmente nas crianças, a causa mais comuns são as arritmias de causas congênitas e a cardiomiopatia hipertrofica, que, por sua vez, leva ao surgimento de arritmias malignas e normalmente fatais. Além dessas causas, temos as malformações vasculares cerebrais, que podem levar ao AVC, principalmente o hemorrágico, e as crises convulsivas", explicou o médico. 

No caso de Pedro Malta, de apenas 12 anos, os internautas chegaram a levantar a hipótese, em redes sociais, que a vítima sofreu infarto por causa das sequelas da Covid-19. "Hoje, com as informações que eu tenho, eu não posso afirmar que o Covid é uma causa de infarto fulminante. As informações que temos na literatura medica é que o coronavírus pode atingir, sim, o coração, levando a disfunção cardíaca e arritmias, isso na fase de inflamação da doença, disse o Dr. Marcelo.

O cardiologista pediátrico ainda explicou que existe a Doença de Kawasaki, descrita em crianças que tiveram Covid-19. "A Doença de Kawasaki, que foi descrita em crianças que tiveram Covid-19 geralmente acontece depois da infecção do coronavírus. E pode acorrer até meses depois da infecção inicial, quando o paciente volta apresentar febre, dores principalmente abdominais  conjuntivite sem pus e, em alguns casos, ela pode levar alterações nas coronárias. Dificilmente o paciente tem morte súbita em uma fase tão precoce "pós-Kawasaki". Ou seja, o infarto fulminante pode ocorrer anos, décadas depois", finalizou o médico.

Comentários
Saúde
  • O Boticario - Banner lateral
  • newland
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
Teresina - PI
Atualizado às 22h46
25°
Chuva fraca Máxima: 36° - Mínima: 25°
25°

Sensação

28 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp