Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 08/04/2021 ás 12h07
Fonte: Poder360

Estados Unidos voltam a financiar programas de assistência a palestinos

O financiamento agora restaurado pelo presidente Joe Biden havia sido cortado pelo seu antecessor no cargo, Donald Trump.
Estados Unidos voltam a financiar programas de assistência a palestinos
Foto: Adam Schultz/White House

O governo dos Estados Unidos informou nessa quarta-feira (7) que vai reiniciar o financiamento para a UNRWA, agência da ONU (Organização das Nações Unidas) de apoio aos refugiados, e a ajuda aos palestinos. O governo norte-americano anunciou um pacote de assistência de US$ 235 milhões.

O financiamento agora restaurado pelo presidente Joe Biden havia sido cortado pelo seu antecessor no cargo, Donald Trump.

Os valores foram detalhados em comunicado de Antony Blinken, secretário de Estado.

Serão US$ 150 milhões (R$ 842 milhões) em assistência humanitária para a UNRWA, US$ 75 milhões (R$ 421 milhões) em ajudas econômica e de desenvolvimento para a Faixa de Gaza e a Cisjordânia e US$ 10 milhões (R$ 56 milhões) para programas que visam a promover a paz.

Segundo o governo norte-americano, a assistência econômica inclui o apoio à recuperação de pequenas e médias empresas que sofreram os efeitos da pandemia de covid-19, apoio a famílias carentes e assistência à sociedade civil palestina.

“Uma parte desse financiamento apoiará a Rede de Hospitais de Jerusalém Oriental, que continua fornecendo tratamentos necessários e que salvam a vida de palestinos”, declarou Blinken.

O apoio à agência da ONU visa, entre outras coisas, a fornecer educação para mais de 500 mil crianças e adolescentes palestinos, “proporcionando esperança e estabilidade nos 5 campos de operação da UNRWA no Líbano, Jordânia, Síria e Cisjordânia e Faixa de Gaza”.

O valor também será usado para melhorar o atendimento médico aos infectados com o Sars-CoV-2, coronavírus causador da covid-19.

“A assistência externa dos EUA ao povo palestino atende a importantes interesses e valores norte-americanos. Ela fornece alívio para aqueles que mais precisam, promove o desenvolvimento econômico e apoia o entendimento, a coordenação de segurança e a estabilidade entre israelenses e palestinos”, afirmou o secretário de Estado.

Mohammad Shtayyeh, primeiro-ministro da Palestina, comentou a decisão dos Estados Unidos em seu perfil no Twitter.

“Saudamos a retomada da ajuda dos EUA à UNRWA e à Palestina, e apelamos à a administração norte-americana para criar um novo caminho político que atenda aos direitos e aspirações do povo palestino, com base no direito internacional e nas resoluções da ONU”, escreveu.

Comentários
Internacional
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
  • newland
Teresina - PI
Atualizado às 23h01
28°
Alguma nebulosidade Máxima: 35° - Mínima: 24°
31°

Sensação

7.9 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp