Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 05/10/2021 ás 09h39

Motoristas e cobradores de ônibus paralisam atividades em Teresina

O Sintetro informa que se as negociações não avançarem, existe a possibilidade de uma greve ser deflagrada.
Motoristas e cobradores de ônibus paralisam atividades em Teresina
Foto: Reprodução

Motoristas e cobradores do transporte coletivo paralisaram as atividades na manhã desta terça-feira (5), em Teresina. A categoria decidiu iniciar uma série de protestos reivindicando melhoria salarial e uma nova convenção coletiva de trabalho. A manifestação ocorre desde às 7 horas, na praça da Bandeira, no centro da cidade. O Sintetro informa que se as negociações não avançarem, existe a possibilidade de uma greve ser deflagrada.

Segundo dados do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro), cerca de 70% dos trabalhadores do setor foram demitidos desde o início desta grave crise no sistema de transporte público, que se arrasta há pelo menos nove meses. 

“É uma manifestação por questão salarial. Parte dos trabalhadores estão recebendo apenas diárias, apesar de sermos mensalistas. Também queremos resolver a questão da convenção coletiva de trabalho. Estamos há dois anos sem convenção. É por uma questão também de dignidade. Não aguentamos mais”, desabafa Ajuri Dias, presidente do Sintetro.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), afirma que todo o país os transportes enfrentam dificuldades e que as empresas não tem se sustentado com o que se arrecada.

Confira a nota:

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) reitera que o sistema de transporte em todo o país vem enfrentando grandes dificuldades desde o início da pandemia de Covid-19 e em Teresina as empresas do setor não têm conseguido manter suas obrigações trabalhistas, devido às dificuldades financeiras e queda de arrecadação das empresas no sistema. 

O Setut informa ainda que o sistema não tem se sustentado com o arrecadado, e que a falta de aporte financeiro pela Prefeitura de Teresina, conforme firmado legalmente em contrato, tem provocado fortes impactos no setor e desequilíbrio para funcionamento do transporte público. Mantém-se em diálogos com o Ente Municipal, buscando soluções, e esclarecendo que com o fim da medida provisória que susbidiava as folhas de pagamento, mais difícil ainda se encontra a situação atual.

Comentários
Geral
  • O Boticario - Banner lateral
  • newland
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
Teresina - PI
Atualizado às 03h54
27°
Céu encoberto Máxima: 35° - Mínima: 23°
29°

Sensação

9.4 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp