22°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Em Floriano, estudantes desenvolvem repelente natural para combater o mosquito Aedes Aegypti

O repelente foi idealizado no laboratório da escola à base de urucum e extrato de cenoura.

30/05/2024 às 11h54
Por: Redação Clube Notícias Fonte: CCom
Compartilhe:

Um reforço no combate ao mosquito Aedes aegypti foi desenvolvido pelos estudantes do Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Fauzer Bucar, em Floriano. Os estudantes criaram um repelente natural como alternativa acessível e segura para proteção contra o mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e outras doenças tropicais durante as disciplinas de biologia e química.

A iniciativa foi pensada durante a execução do projeto “É o Fim da Picada”, que aconteceu nos meses de abril e maio, e teve a culminância nesta quarta-feira (29).

O repelente natural foi idealizado no laboratório da escola com base em substratos que podem ser encontrados na natureza como urucum e extrato de cenoura. Foram produzidos 50 frascos para distribuição na comunidade. "Foi uma experiência divertida produzir os repelentes, para ajudar a nossa escola e toda a população, além de utilizar os conhecimentos da aula", disse a estudante Ana Beatriz.

“A minha experiência com esse projeto foi incrível, desde a produção até a caminhada. Foram feitas pesquisas de campo, produção de repelentes caseiro e nossa proposta inicial foi a de conscientização da comunidade escolar”, disse a estudante Ângela Daviny.

Segundo o professor orientador, Marco Aurélio, os alunos participaram de busca ativa de focos de dengue e acompanharam o desenvolvimento do mosquito em laboratório.

"A nossa ideia é também criar um aplicativo para revelar os focos do mosquito, a partir das informações coletadas nos formulários, para combater os nascedouros da cidade. Esta é a ideia final do projeto", disse Marco Aurélio.

Além da pesquisa de repelentes naturais, eles produziram painéis explicativos sobre criadouro de larvas, os cuidados, sintomas e tratamento da dengue, além de passeatas pelas ruas de Floriano para conscientizar a comunidade sobre a importância de combater o mosquito.

As ações mobilizaram os professores de outras disciplinas e a comunidade como a escolha do nome e criação de design visual do projeto. Cada turma desenvolveu um tipo de atividade com materiais informativos para aumentar os cuidados contra o mosquito.

“As escolas estaduais incentivam os estudantes a encontrarem soluções para problemas reais vistos no cotidiano. É este o protagonismo que está sendo desenvolvido nas nossas escolas de tempo integral com o estímulo à ciência e ao desenvolvimento de competências e habilidades”, pontuou o secretário de Estado da Educação, Washington Bandeira.

O Ceti Fauzer Bucar, escola pertencente à 10ª Gerência Regional de Educação (GRE), está contemplado no planejamento da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para o trabalho de modernização da infraestrutura.

A escola atende 257 estudantes do Ensino Médio com a oferta do Ensino Técnico de Desenvolvimento de Sistemas e do Sistema de Energia Renovável. Com investimento de R$ 1,3 milhão, o Ceti recebe a reforma na biblioteca, modernização dos laboratórios de informática e de ciências, a construção do refeitório e intervenções de manutenção predial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Floriano - PI
Sobre o município
Notícias de Floriano
Ver notícias
Teresina, PI
31°
Tempo limpo

Mín. 22° Máx. 36°

31° Sensação
3.22km/h Vento
40% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h59 Nascer do sol
05h48 Pôr do sol
Qua 36° 21°
Qui 35° 21°
Sex 33° 21°
Sáb 33° 21°
Dom 35° 21°
Atualizado às 10h06
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,75%
Euro
R$ 5,81 +0,34%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,23%
Bitcoin
R$ 352,864,57 +2,59%
Ibovespa
122,470,23 pts -0.14%
Lenium - Criar site de notícias