Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 19/12/2018 ás 10h46
Fonte: Com informações do MPPI

MPPI encontra irregularidades depois de vistoria no Hospital Infantil Lucídio Portela

O objetivo da vistoria foi avaliar as condições da unidade de saúde.
MPPI encontra irregularidades depois de vistoria no Hospital Infantil Lucídio Portela
A vistoria tem como objetivo melhorar as condições do Hospital. Foto: Divulgação

Na manhã dessa terça-feira (18) o Promotor de Justiça, Eny Marcos Vieira Pontes, realizou uma inspeção no Hospital Infantil Lucídio Portella – HILP, localizado no Centro de Teresina. O objetivo da vistoria foi avaliar as condições da unidade de saúde em aspectos como: estrutura física, material, pessoal e procedimentos de trabalho.

Foram constatados vários problemas. Entre eles, a falta de medicamentos e insumos, estrutura física precária, por exemplo, no almoxarifado e no teto de alguns corredores, onde foi verificada a presença de mofo; equipamentos pelos corredores, gesso quebrado em alguns setores, salas da enfermaria sem ar condicionado e fiação exposta.

O membro do Ministério Público do Piauí (MPPI) foi acompanhado pelos fiscais Carlos Furlan e Marcos Aurélio, do Conselho Regional de Farmácia (CRF), e Amparo Castro, do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren).

A equipe visitou os setores de Farmácia, Almoxarifado, Enfermaria, Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Triagem Neonatal e Laboratório. Durante a visita, a equipe que vistoriava o local conversou com o diretor-geral do HILP, Vinicius Pontes; a diretora clínica, Leiva Moura; a supervisora da Farmácia, Ana Karina Lustosa; a supervisora de Enfermagem Infantil, Thuany Nardine, dentre outros profissionais.

O representante do Ministério Público também procurou saber como estava o estoque de medicamentos no HILP, uma vez que em setembro deste ano, o MPPI expediu uma recomendação ao secretário Estadual de Saúde, Florentino Neto, e ao presidente da Fundação Estadual de Serviços Hospitalares, Natália de Sena Monteiro Lima Pinheiro. O documento solicitava a adoção de medidas para regularizar o estoque de remédios da unidade de saúde. Ficou constatado que a orientação do órgão ministerial não foi completamente atendida.

Após a vistoria, o promotor de Justiça estudará as medidas administrativas e/ou judiciais que serão tomadas para assegurar a prestação do serviço de saúde de qualidade, com observância da legislação.

Comentários
Saúde
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 14h22
34°
Nuvens esparsas Máxima: 34° - Mínima: 25°
36°

Sensação

15 km/h

Vento

41%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
  • banner lateral - 24-11 vem pro parque
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp