Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Postada em 05/09/2019 ás 08h41 - atualizada em 05/09/2019 ás 09h02

Campanha Setembro Dourado: um alerta sobre o câncer infantojuvenil

Durante o mês de setembro a RFCC-PI realizará atividades em alusão a campanha. Os eventos iniciaram terça-feira (3).
Campanha Setembro Dourado: um alerta sobre o câncer infantojuvenil
Campanha nacional é realizada pela RFCC-PI em Teresina. Foto: Reprodução

A Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC-PI) participa pela quinta vez do Setembro Dourado, que alerta sobre o câncer infantojuvenil. A campanha é idealizada nacionalmente pela Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIAC). 

Com o tema "A luz que vem cuidar", a campanha será realizada durante o mês de setembro com atividades em empresas e escolas enfatizando a importância do diagnóstico precoce para diminuir as taxas de mortalidade. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), aproximadamente 80% dos pacientes acometidos pela doença poderão ser tratados adequadamente com a descoberta feita ainda no início. Além disso o Inca reforça que, quando relacionado a problemas de saúde, essa é a primeira causa de morte na faixa etária de 1 a 19 anos.

Segundo a coordenadora do Projeto Alertar da RFCC-PI, Tânia Cardoso, a organização espera que a campanha alcance principalmente os pais e professores de crianças e adolescentes, pois ao conhecer os sintomas e sinais da doença as chances de tratamento e cura são maiores. Ela ressalta que, segundo o Inca, para o ano de 2019 estão previsto mais de 12.500 novos casos, e a maior parte desses não tem a chance de receber tratamento por causa do diagnóstico tardio.

"Alguns tipos de câncer infantojuvenil são muito parecidos com doenças próprias da infância, isso confunde os pais, que acabam medicando a criança em casa e demoram a procurar um especialista", alerta Tânia.

O primeiro dia de evento contou com a participação da Dra. Caroline Paranhos, pediatra. Foto: Reprodução
O primeiro dia de evento contou com a participação da Dra. Caroline Paranhos, pediatra. Foto: Reprodução

Sobre o câncer infantojuvenil

De acordo com a oncologista pediátrica, Dra. Gildene Alves, o principal câncer infantojuvenil é a leucemia, que corresponde a aproximadamente 30% de todos os tipos de câncer. Ela destaca que a leucemia mais frequente é a LLA (Leucemia Linfóide Aguda) e afirma que é o câncer mais fácil de tratar e que também obtém melhor resposta ao tratamento. Em segundo lugar vem os tumores de sistema nervoso central e depois os linfomas. Seguidos dos tumores abdominais, tumor de Wilms e neuroblastoma. Existem outros tipos, porém acontecem com menos frequência.  

O câncer é uma doença que se assemelha as doenças comuns da infância, no caso da leucemia, os sintomas lembram os de qualquer outra doença infantil. A criança tem palidez, anemia, infecções caracterizadas por febres (que podem ser diárias ou em dias alternados), manchas roxas na pele, pode ter dores nas pernas, sangramentos (que podem ser na gengiva ou no nariz) e as vezes pode acontecer o aumento da barriga, que diz respeito ao aumento do fígado e do baço. No caso dos tumores do sistema central, os sintomas são dores de cabeça, as vezes ocorre alteração da marcha, vômitos, distúrbios de comportamento, alterações focais, e raramente, convulsões, mas podem acontecer. 

"A ajuda dos pais é de fundamental importância, em primeiro lugar, para reconhecer que algo não está bem com a criança e para levá-la regularmente ao pediatra. Além disso, para apoiar psicologicamente, acolher e cuidar. É importante que a família esteja bem estruturada e que haja a participação da mãe, do pai e dos irmãos, se existirem, isso traz uma maior tranquilidade, um maior enfrentamento para essa criança.", alerta a oncologista.   

As apresentações teatrais serão feitas pelo grupo Puty Teatro Labore. Foto: Reprodução
As apresentações teatrais serão feitas pelo grupo Puty Teatro Labore. Foto: Reprodução

Ações da campanha em Teresina

Nos dias 09, 16, 21 e 28 de setembro o pediatra Dayrton Moreira irá conduzir capacitações para profissionais da saúde na Casa de Apoioa Criança com Câncer – Lar de Maria. Os encontros vão abordar os sinais e sintomas da doença. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas por meio do link: www.even3.com.br/setembrodourado.

A RFCC-PI transmitirá a mensagem da campanha em escolas e empresas através da peça teatral "Sinais" com o grupo Puty Teatro Labore, que fará um alerta sobre os sintomas  dos tipos de câncer mais comuns nessa fase da vida. A primeira apresentação aconteceu nesta terça-feira (3) no CMEI Matias Matos, no Bairro Portal da Alegria e na Escola Municipal Raimundo Nonato Monteiro Santana, na Vila Irmã Dulce. Serão promovidas discussões com especialistas após as apresentações que serão realizadas nas datas e horários a seguir: 

06 de setembro

13h30m - E. M. Bezerra de Menezes (R. Rui Barbosa, nº 2715 - Bairro Acarape)

15h - E. M. José Nelson de Carvalho (R. Basílio Alves de Carvalho, nº 1909 - Bairro Alvorada) 

10 de setembro

13h30m - Sesc - Centro Educacional José Alves de Sousa Neto (R. Santa Catarina, nº 285 - Bairro Ilhotas) 

15h30m - Sesc - Centro Educacional Prof. Marcílio Rangel (Av. Alameda Parnaíba X R. Magalhães Filho, nº 2095-2147 - Bairro Matinha)

12 de setembro

13h - Unidade Escolar Prof. Júlia Nunes Alves (Av. Itararé - Bairro Itararé)

15h - La Vertu (R. Treze de Maio, nº 130 - Bairro Centro)

13 de setembro 

15h - Carvalho Mercadão (BR-343, nº 1817 - Bairro Beira Rio)

17h50m - Dimensão Distribuidora de Medicamentos Ltda. (Av. Industrial Gil Martins, nº 1203 - Bairro Pio XII)

19 de setembro 

13h - CMEI Cintia Medeiros de Oliveira (R. Cesar Negreiro Barro, nº 3664 - Bairro Novo Horizonte)

19h - Fundação Bradesco (R. Doutor Clinedor Freitas - Conjunto Dirceu Arcoverde I - Bairro Itararé)

20 de setembro

14h - Unidade Escolar Pequena Rubim (Av. Prefeiro Freitas Neto, nº 4328 - Bairro Alto Alegre)

16h - E. M. Prof. Darcy Pereira de Carvalho (R. Caixas, nº 5675 - Bairro Santa Maria da Codipe)

24 de setembro 

14h - U. E. Afonso Mafrense (Praça Princesa Isabel - Bairro Mafrense)

16h - U.E Professora Helena Carvalho (R. Sotero Vaz da Silveira, nº 4949 - Bairro Memorare)

26 de setembro 

14h- Botica - (R. Des. Pires de Castro, nº 124 - Bairro Centro/Sul)

 

Mais informações no Instagram da RFCC-PI: @redefemininapi

Comentários
Saúde
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 02:36

27º

Min 21º Max 38º

Alguma nebulosidade

66% 9 km/h Fonte: Climatempo
RAPIDINHAS
Postada em 11/05/2018 ás 08h38

O Piauí é um dos estados que apresentaram maior crescimento nos gastos com a previdência de servidores, entre 2005 e 2016. Os dados, divulgados por Estadão, são de um levantamento realizado pelo economista piauiense Raul Velloso. O estudo aponta ainda que neste período, os gastos dos estados - na média - cresceram até 111%, chegando aos R$ 163 bilhões no último ano. Além do Piauí, Sergipe e Santa Catarina também registraram aumentos consideráveis nos gastos com a previdência. Os dados completos do estudo serão apresentados em um fórum nacional nesta quinta-feira (10).

Postada em 09/05/2018 ás 08h26

Não houve acertadores para as seis dezenas do concurso 2.038 da Mega-Sena, realizado nesta noite (8), em Maravilha (SC). As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 26 – 35 – 38 - 40. O prêmio estimado era de R$ 28 milhões. A estimativa de prêmio do próximo concurso, que ocorre na próxima quinta-feira (10), é distribuir R$ 30 milhões. A Quina teve 28 apostas ganhadoras, e cada um vai levar R$ 65.960,70. Outras 2.768 pessoas ganharam na Quadra, com prêmio de R$ 953,18 para cada.

Postada em 06/03/2018 ás 09h53

Há exatos 5 anos, no dia 6 de março de 2013 morreu o cantor e compositor da banda Charlie Brown Jr, Chorão. Fãs prestam homenagem na Internet ao ídolo.

Postada em 22/02/2018 ás 10h20

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou, nesta sexta-feira (16/02), os dados do setor de planos de saúde que são disponibilizados para consulta na Sala de Situação. Os números relativos a janeiro confirmam a tendência de estabilidade que vinha sendo observada ao longo de 2017, com leve crescimento tanto no comparativo mensal como no comparativo dos últimos 12 meses. São 47,4 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares no país, 119,5 mil a mais que o número registrado em dezembro e cerca de 64 mil a mais em relação a janeiro do ano passado.

Postada em 22/02/2018 ás 10h19

Com o objetivo de supervisionar e assegurar o exercício legal da profissão, o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) realizou a fiscalização em 75 empresas no último ano. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 12 mil em multas aplicadas.

Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2019 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium