Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Downloads
  • Live Show - Sextou Em Casa (Maio)
  • Aplivativo Monitora Covid-19
  • Colegio St Marcelina
  • Ilhotas Padaria
  • Grupo CEV
  • ITTNet
Postada em 09/10/2019 ás 16h25 - atualizada em 09/10/2019 ás 16h31

Combate ao câncer de mama: Piauí realizou quase 60 mil mamografias no ano passado

Em 2019, foram registrados 202 novos casos da doença até agora; Autoexame é um meio eficaz para ajudar na detecção precoce.
Combate ao câncer de mama: Piauí realizou quase 60 mil mamografias no ano passado
Piauí tem capacidade para realizar mais de 270 mil mamografias ao ano. Foto: Ascom Ceir

Outubro é o mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama e uma das principais maneiras de prevenção é a realização da mamografia. Somente em 2018, o Estado do Piauí realizou 58.419 mamografias, deste total, 36.691 pacientes estavam na faixa etária de 50 a 69 anos.

A cidade que realizou a maior quantidade de exames foi a capital, Teresina, com 29.341 procedimentos, seguida por Piripiri, 5.731 mamografias, e Floriano, que realizou 5.237 exames de mama. 

O Estado tem a capacidade de realizar até 5.069 mamografias por ano em cada um dos 55 mamógrafos da rede estadual, que estão distribuídos em 17 municípios, totalizando mais de 270 mil atendimentos. 

A coordenadora de Saúde da Mulher da Secretaria de Estado da Saúde, Alzenir Moura Fé, destaca que “Quanto mais precoce o diagnóstico, maior as chances de cura e menos repercussão física e psicológica na vida da mulher, por isso pedimos que elas façam anualmente a mamografia, principalmente a partir dos 35 anos”.

No Piauí foram registrados 600 novos casos da doença entre 2018 e 2019. No ano passado, foram 504 casos novos e 157 óbitos, já em 2019, até agora foram 202 novos casos. “Mulheres que tenham entre 50 e 69 anos, devem realizar a mamografia a cada dois anos, mas mulheres a partir dos 35 anos que tenham o fator de risco mais elevado devem realizar o exame anualmente”, informa a coordenadora. 

A importância do autoexame

Além da mamografia feita com os equipamentos, Alzenir destaca que o autoexame é um meio eficaz para ajudar na prevenção ou rápida detecção da doença. “As mulheres devem conhecer seu próprio corpo para identificar os seguintes sinais de alarme: caroço (nódulo), geralmente indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); pequenos nódulos em regiões embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço; saída de líquido anormal das mamas. Se a mulher sentir qualquer um desses sintomas deve procurar o médico”, destaca Alzenir.

Comentários
Saúde
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 09:15

28º

Min 25º Max 32º

Alguma nebulosidade

79% 9 km/h Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel
#ConselhoDoDia
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium