Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 06/01/2020 ás 10h36 - atualizada em 06/01/2020 ás 10h54

SAMU realizou mais de 30 mil atendimentos em Teresina no ano de 2019, de acordo com a FMS

O órgão também registrou 180 trotes, e alerta que trazem prejuízo a dinâmica de atendimentos de urgência da capital.
SAMU realizou mais de 30 mil atendimentos em Teresina no ano de 2019, de acordo com a FMS
Ambulâncias do SAMU na sede do órgão. Foto: Ascom/FMS

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) realizou 30.508 atendimentos em 2019, sendo 29.235 na zona urbana e 1.273 na zona rural da capital. Esses números são referentes às orientações médicas através do 192 e ao deslocamento de ambulâncias nos casos urgência clínica, traumática, obstétrica, psiquiátrica e, ainda, transferência inter-hospitalar de pacientes em estado grave.

As maiores demandas em 2019 foram de atendimentos de urgências clínicas em adultos, no total de 10.516 pessoas atendidas (34,14% na zona urbana e 39,27% na zona rural), seguido de traumas por acidente de trânsito com 5.687 pessoas beneficiadas (17,93% na zona urbana e 18,90% na zona rural).

No caso de urgências psiquiátricas, foram 931 casos atendidos entre zona urbana e rural. Já nos casos de urgência obstétrica, o número de atendimentos foi de 1.010 na cidade e 214 na zona rural. O SAMU também prestou assistência em situações de afogamento, queimaduras, choque elétrico e envenenamento.

No ano passado, foram registrados 180 trotes para o SAMU, sete deles provenientes da zona rural. O diretor médico do SAMU de Teresina, José Ivaldo, alerta para o prejuízo que os trotes trazem para o serviço, pois provocam um deslocamento das viaturas, gastando tempo e recursos que poderiam ser usados para salvar vidas.

“Muitas vezes mobilizamos e deslocamos ambulância e pessoal para fazer um atendimento que não é real, quando poderíamos atender uma pessoa que estava realmente precisando dos serviços do SAMU”, ressalta o diretor.

Para ter acesso ao atendimento de urgência basta telefonar para o número 192, a ligação é gratuita de qualquer telefone. O serviço deve ser acionado sempre que houver acidentes com vítimas, choque elétrico ou acidentes com produtos perigosos, nos casos de problemas cardiorrespiratórios, intoxicação, trauma ou queimadura. Também são atendidos casos de quadros infecciosos, maus tratos, trabalhos de parto ou crises hipertensivas.

Em Teresina, o Serviço conta com oito viaturas de suporte básico, três viaturas de suporte avançado e quatro motolâncias para atender a população da capital. Para agilizar o deslocamento, são mantidos cinco pontos de apoio para as ambulâncias: na zona Norte, estão localizadas nos hospitais Mariano Castelo Branco e Buenos Aires, duas viaturas de suporte básico e uma motolância; na zona Sudeste há um ponto na UPA do Renascença, com duas viaturas de suporte básico e uma motolância; na zona Sul são dois pontos de apoio, no hospital do Monte Castelo, com duas viaturas de suporte básico, e no hospital do Promorar, com duas viaturas de suporte básico.

Comentários
Saúde
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 17h37
30°
Muitas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 23°
33°

Sensação

11 km/h

Vento

62%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
  • banner lateral - 07-12 vem pro parque
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp