Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 23/01/2020 ás 15h39 - atualizada em 23/01/2020 ás 17h08
Fonte: PMT

FMS inicia campanha para combater a Hanseníase em Teresina

A iniciativa busca conscientizar a comunidade sobre os perigos da doença
FMS inicia campanha para combater a Hanseníase em Teresina
Foto: Reprodução/PMT

Em alusão à Campanha “Janeiro Roxo”, que busca combater a Hanseníase, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina iniciou uma programação especial, que ocorrerá durante toda a semana. Entre as atividades, acontecerão ações educativas e avaliação clínica da população que convive ou conviveu diretamente com pessoas infectadas pela doença. O dia D será no sábado (01/02), com mutirão de manchas de pele em todas as zonas da cidade.

Nesta quinta-feira (23) acontece Workshop sobre a doença para os servidores e no dia 31, panfletagem em Shopping. “Nosso objetivo é identificar também a população que convive ou conviveu nos últimos cinco anos com a pessoa infectada pela Hanseníase, para avaliar se tem manchas, sinais neurológicos ou de fraqueza muscular que sinalizam a doença”, explica Svetalana Coelho, do Núcleo de Doenças Negligenciadas da FMS.

O presidente da FMS, Charles Silveira, afirma que a campanha conscientiza a comunidade sobre os perigos da doença e sobre a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado na rede de saúde pública. “É um trabalho incansável que desenvolvemos nessa área durante todo o ano e que é intensificado no mês de janeiro, pois queremos garantir boa qualidade de vida para a população teresinense”, pontua.

Somente em 2019, Teresina apresentou 311 novos casos de Hanseníase, o que representa uma diminuição de 11%, se comparado ao ano de 2018. “A Hanseníase afeta os nervos e se manifesta por meio de lesões na pele. É uma doença transmitida quando o infectado tosse, fala ou espirra. Entre as complicações da doença, a pessoa pode ter, por exemplo, problemas de visão e apresentar incapacidades físicas”, explica o infectologista da FMS, Kelsen Eulálio.

O médico infectologista informa que, em caso de mancha suspeita, a recomendação é que a pessoa se dirija a uma das 90 Unidades Básicas de Saúde de Teresina, para ser avaliada e receber o tratamento médico adequado. Caso haja necessidade, a pessoa também pode ser direcionada para locais de referência: Hospital Universitário do Piauí, Centro Maria Imaculada e Clínica de Dermatologia do Hospital Getúlio Vargas.

Confira programação

-23/01 (Quinta-feira): Worshop sobre Avaliação Neurológica Simplificada e Prevenção de incapacidade em Hanseníase/1ª etapa (teoria)

Horário: 14 as 18h

Local: Diretoria Regional de Saúde Sul

-24/01 (Sexta-feira):  Avaliação de contatos de Hanseníase – 2ª etapa

Horário: de 8 as 12h

Local: UBS Redonda

-29/01 (Quarta-feira):  Avaliação de contatos de Hanseníase – 2ª etapa

Horário: de 8 as 12h

Local: UBS Maria de Jesus Carvalho Porto Alegre

-31/01 (Sexta-feira):  Panfletagem no Shopping da Cidade

Horário: 9 as 12 h

Orientação à população sobre Hanseníase, por meio de distribuição de folders

-01/02 (Sábado): Mutirão de Manchas de Pele

Horário: 08 as 13h

Região Centro/Norte: UBS Poty Velho

Região Sudeste: UBS Reginaldo Castro/Renascença

Região Leste: Ambulatório do Hospital Do Satelite

Região Sul: Ambulatório do Hospital Geral do Promorar

Comentários
Saúde
TV Clube Notícias
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 13h45
37°
Nuvens esparsas Máxima: 38° - Mínima: 24°
38°

Sensação

9 km/h

Vento

31%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp