Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Downloads
  • Campanha Pró Piauí
  • SESAPI Dengue
  • ITTNet
  • Grupo CEV
  • Colegio St Marcelina
  • Secretaria Estadual de Saúde
  • Ilhotas Padaria
Postada em 16/06/2020 ás 10h17

Ministério Público pede exoneração do secretário de Justiça Carlos Edilson

O promotor de Justiça aponta que ele não prestou as informações solicitadas pelo MP e demais órgãos que acompanham as investigações.
Ministério Público pede exoneração do secretário de Justiça Carlos Edilson
Secretário de Justiça Carlos Edilson. Foto: Reprodução

O promotor titular da 48ª Promotoria de Justiça de Teresina, Elói Júnior, assinou nesse domingo (14), um despacho que faz parte de um Inquérito Civil com conclusões sobre a investigação feita para acompanhar o caso dos presos que morreram e que adoeceram na Cadeia Pública de Altos (CPA).

De acordo com o membro do Ministério Público do Piauí (MPPI), profissionais de saúde da instituição e os que acompanharam o tratamento dos detentos concluíram que os presos foram vítimas de uma intoxicação exógena. A conclusão foi feita após uma avaliação dos prontuários médicos dos presos da CPA e dos hospitais públicos onde os detentos estiveram internados. Foram analisados os exames laboratoriais e de imagem.

Segundo o MPPI, o promotor afirma que no início de maio, pouco antes dos primeiros presos adoeceram, uma empresa havia realizado serviços de dedetização, desratização, descupinização e capina. Na dedetização foi utilizado o inseticida piretróide Cipermetrina 250 Ce, substância compatível com os achados médicos nos exames realizados nos presos.

O promotor de Justiça aponta também que o secretário estadual de Justiça não prestou as informações solicitadas pelo Ministério Público e demais órgãos que acompanham as investigações sobre as causas do adoecimento e das mortes dos detentos da CPA. Elói Júnior finaliza recomendando ao governador do Estado a exoneração do secretário estadual Carlos Edilson.

Além disso, o promotor de Justiça determina o envio dos documentos e das informações obtidas a órgãos, como a Vara de Execuções Penais de Teresina, à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde; ao Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), entre outros.

O inquérito civil instaurado deve prosseguir para apurar outras questões relacionadas ao tratamento dos presos como, por exemplo, avaliar se o atendimento médico que cada um recebeu foi satisfatório ou não.

Comentários
Justiça
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 02:30

25º

Min 23º Max 33º

Alguma nebulosidade

89% 4 km/h Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel
#ConselhoDoDia
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium