Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 24/07/2020 ás 16h24 - atualizada em 26/07/2020 ás 20h11

FMS transforma Hospital de Campanha Lar da Fraternidade em abrigo para idosos com Covid-19

A estrutura não precisou ser utilizada devido ao trabalho de ampliação do número de leitos exclusivos para a doença em Teresina.

Após redução do número de internações relacionadas à Covid-19 na capital, a Prefeitura de Teresina mudará a finalidade do Hospital de Campanha Lar da Fraternidade. O local passará a receber idosos dos abrigos da cidade que estejam com quadro leve da doença e necessitem de isolamento. A decisão foi tomada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), considerando que a estrutura não precisou ser utilizada devido ao trabalho de ampliação do número de leitos exclusivos para a doença em Teresina.

“A Prefeitura montou esse Hospital de Campanha no início da pandemia como medida preventiva, já que não sabíamos como seria de fato a propagação do vírus no município. Nós buscamos preparar a rede para os cenários da doença que foram projetados por estudiosos do tema. Felizmente, devido à todas as ações adotadas pela Prefeitura, a cidade tem leitos disponíveis para quem precisa de atendimento. Agora, esse espaço será bem aproveitado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), com apoio da FMS”, afirma o presidente da Fundação, Manoel de Moura.

O presidente explicou ainda que, recentemente, o Ministério Público Estadual havia solicitado ao município um espaço para receber idosos de abrigos e com quadro de síndrome gripal. “Houve um consenso entre a equipe técnica de que o Lar da Fraternidade reúne as condições ideais para funcionamento dessa estrutura. Assim, Teresina trabalha integrando a assistência social e a saúde, garantindo segurança para os nossos idosos”.

Ele informou ainda que a FMS monitora diariamente a ocupação de leitos da rede de saúde e que não houve demanda de pacientes com o perfil definido para aquele Hospital. “Na época, os técnicos da saúde, considerando a estrutura física do local, definiram como perfil para aquela unidade pacientes com alta das alas Covid, sem gravidade e que ainda necessitassem de tratamento”, finaliza.

De acordo com Jesus Mousinho, diretora de assistência hospitalar da FMS, a montagem do hospital teve um baixo custo para a Prefeitura. “O espaço do Lar da Fraternidade foi cedido pela Arquidiocese de Teresina. Foram investidos R$ 45 mil no local para melhorar a estrutura, com a realização de pintura e outros serviços de reparo, além da aquisição de materiais e equipamentos, que agora serão utilizados pela SEMCASPI e FMS. São 30 leitos disponíveis para os idosos com quadro leve de Covid-19 que precisam de isolamento”.

Atualmente, a Prefeitura de Teresina mantém dois hospitais de Campanha: um na quadra de Badminton da UFPI, com capacidade para 86 leitos, e o outro anexo ao HUT, com capacidade de atender 60 pacientes com quadro grave da Covid-19. Entre as principais medidas adotadas pelo município estão a ampliação de leitos de UTI e de leitos clínicos específicos para atendimento de pessoas com a doença, a convocação de 970 profissionais, além da aquisição de equipamentos.

Comentários
Saúde
TV Clube Notícias
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 23h26
29°
Alguma nebulosidade Máxima: 38° - Mínima: 23°
31°

Sensação

15 km/h

Vento

62%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp