Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Downloads
  • Secretaria Estadual de Saúde
  • Ilhotas Padaria
  • SESAPI Dengue
  • ITTNet
  • Grupo CEV
  • Colegio St Marcelina
  • Campanha Pró Piauí
Postada em 30/05/2018 ás 23h59
Fonte: com informações da Alepi

Parlamentar denuncia que eleitores de deputado tem privilégios em hospital público do Piauí

Robert Rios acusa Francisco Lima de 'ordenar' privilégios para seus eleitores em hospital de Esperantina.
Parlamentar denuncia que eleitores de deputado tem privilégios em hospital público do Piauí
Imagem ilustrativa.

Os líderes da Oposição, deputado Robert Rios (DEM), e do Governo, deputado Francisco Limma Lula (PT), se envolveram hoje em um debate sobre atendimento à população no Hospital Regional de Esperantina. Robert Rios repercutiu denúncia de que o hospital estaria dando prioridade a eleitores de Francisco Limma, enquanto o líder do Governo negou que isto esteja acontecendo e pediu que o líder oposicionista apresentasse provas da acusação.

Robert Rios afirmou que os comentários são de que o parlamentar do PT teria estabelecido um plano chamado “Limmamed” visando favorecer moradores do município de São João do Arraial, onde tem sua principal base política. Ele solicitou que o Ministério Público de Esperantina apure se a denúncia é verdadeira.

Ao rebater as declarações de Robert Rios, Francisco Limma afirmou que não responde a nenhum processo, ao contrário daquele que o acusava, e destacou a competência da direção do Hospital de Esperantina, onde, segundo ele, foram realizadas 51 mil consultas no ano passado, mais de mil cirurgias e mais de 1.500 partos, além de 16 mil internações. “Esse negócio de Limmamed não existe”, assinalou ele.

Robert Rios respondeu que a denúncia foi feita pelo jornalista Herbert Sousa, do Portal GP1, e aconselhou Francisco Limma a deixar o PT porque lideranças do partido no Brasil e no Piauí respondem a processos e alguns estão presos, como o ex-presidente Lula.

O líder oposicionista declarou ainda que tem a consciência tranquila, que não responde a processos e que foi citado em um processo que trata de licitação na Polícia Militar do Piauí na época em que ocupava o cargo de secretário de Segurança. “Ocorre que a PM tem autonomia administrativa e financeira e, como secretário, eu não poderia ser responsabilizado por essa licitação”, acrescentou ele.

EMPRÉSTIMO

Robert Rios manifestou ainda preocupação com informações de que o Governo do Estado estaria procurando alterar o plano de obras a ser colocado em prática com recursos do empréstimo obtido junto à Caixa Econômica Federal. Ele disse que o empréstimo deve ser fiscalizado para que não ocorra desvio de recursos ou mudanças no plano de trabalho.

 

Comentários
Política
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 14:59

32º

Min 23º Max 33º

Nuvens esparsas

46% 13 km/h Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel
#ConselhoDoDia
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium