Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 21/06/2018 ás 09h03

Setut e Sintetro confirmam que prefeitura atrasa repasse e provoca paralisação

Rodoviários pedem pagamento dos salários ao Setut, que alerta atrasos em repasse do município.
Setut e Sintetro confirmam que prefeitura atrasa repasse e provoca paralisação
Teresina amanheceu sem ônibus. Foto: Édrian Santos/OitoMeia

A cidade de Teresina amanheceu esta quinta-feira (21) sem a circulação do transporte coletivo. Motoristas e cobradores denunciam atraso no pagamento do salário. Sindicato dos Rodoviários do Piauí (Sintetro) informou, em nota, que a circulação de ônibus só deve ser normalizada com o pagamento.

Segundo o presidente do Sintetro, Fernando Feijão, há um problema no repasse de R$ 1 milhão da prefeitura de Teresina ao empresários e que isso vem prejudicando no pagamento do os trabalhadores do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Setut) aos rodoviários.

"Pedimos o apoio e a compreensão da sociedade nesse momento o qual os trabalhadoresrodoviários estão sendo prejudicados, e que os mesmos tem seus compromissos a cumprir já programados, e estamos cobrando apenas que sejam respeitados nossos direitos", afirma Fernando Feijão.

Em nota, o Setut lamentou a falta dos ônibus na manhã desta quinta-feira e ainda confirmou uma dívida de R$ 12 milhões da prefeitura. "Dessa forma, o Setut lamenta imensamente os transtornos ocasionados, mas informa à população teresinense que a ocorrência dessa instabilidade financeira se deve ao fato de a Prefeitura possuir uma dívida junto aos quatro consórcios que operam na cidade, no valor de mais de R$ 12 milhões, somente do ano de 2017.", explica.

Confira a nota na íntegra:

Posicionamento SETUT

Mesmo após ter sido acertado em reunião ocorrida no Tribunal Regional Trabalho (TRT), na tarde desta quarta-feira dia 20, de que a Prefeitura Municipal de Teresina faria o repasse para as empresas prestadoras do serviço de transporte público, para que as mesmas pudessem realizar o pagamento do adiantamento salarial neste dia 21, dos motoristas e cobradores, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte (Sintetro) não conseguiu evitar que o sistema amanhecesse sem seu funcionamento normal.

Dessa forma, o Setut lamenta imensamente os transtornos ocasionados, mas informa à população teresinense que a ocorrência dessa instabilidade financeira se deve ao fato de a Prefeitura possuir uma dívida junto aos quatro consórcios que operam na cidade, no valor de mais de R$ 12 milhões, somente do ano de 2017.

Comentários
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • newland
  • O Boticario - Banner lateral
Teresina - PI
Atualizado às 01h40
25°
Alguma nebulosidade Máxima: 34° - Mínima: 23°
25°

Sensação

7 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2022 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp