Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Postada em 30/07/2018 ás 19h46 - atualizada em 31/07/2018 ás 06h46

Gedel, Luiz Estevão e Juka, presos por corrupção e propina ao PP são transferidos após regalias

Todos ficaram na área de segurança máxima do presídio da Papuda.
Gedel, Luiz Estevão e Juka, presos por corrupção e propina ao PP são transferidos após regalias
Geddel Vieira Lima e Luiz Estevão.

A juíza da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Leila Cury, determinou, nessa última quinta-feira (19), a transferência do senador cassado Luiz Estevão, do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-deputado Márcio Junqueira, mais conhecido como Juka, para a área de segurança máxima do presídio da Papuda.

Há um mês, com a deflagração da Operação Bastilha, policiais encontraram ao menos seis objetos proibidos na cadeia: cinco pendrives e uma tesoura. Para a juíza, a apreensão levanta a suspeita de corrupção de agentes públicos que poderiam ter garantido privilégios aos presos.

Luiz Estevão foi condenado a 31 anos de prisão pelo desvio, na década de 1990, de R$ 169 milhões na obra do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em São Paulo. Geddel foi preso preventivamente em 8 de setembro do ano passado, depois que uma denúncia anônima levou a polícia até o apartamento de um amigo dele, onde estavam R$ 51 milhões dentro de malas e caixas de papelão. E Márcio Junqueira foi preso preventivamente no último mês de abril, suspeito de obstrução de justiça na operação Lava Jato.

Geddel Vieira Lima foi denunciado na operação Cui Bono e está preso em Brasília desde setembro de 2017, ele passou três meses em prisão domiciliar na Bahia. Durante a investigação, a Polícia Federal descobriu R$ 51 milhões em malas e caixas em um apartamento atribuído a ele, em Salvador (BA). Por conta disso, o ex-ministro foi indiciado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e obstrução de investigação. Ele está em prisão preventiva e ainda aguarda julgamento.

O ex-deputado Márcio Junqueira é suspeito de comprar o silêncio de um ex-assessor que denunciou esquema de pagamento de propina a parlamentares do Progressistas (PP).  O ex-deputado foi do PP, passou pelo Pros e, hoje, é filiado ao Avante.  Segundo a PF, a Operação Lava Jato acompanhou e registrou em vídeo, em fevereiro deste ano, duas entregas de dinheiro feitas pelo ex-deputado Márcio Junqueira ao ex-assessor do senador Ciro Nogueira (PP-PI), José Expedito Rodrigues Almeida.

A gravação foi uma "ação controlada" da PF, isto é, uma operação planejada com o auxílio do próprio Almeida, que procurou a polícia para denunciar um esquema de captação de propina. As informações sobre as gravações estão detalhadas no material da investigação, ao qual a TV Globo teve acesso e divulgou. Segundo Almeida, o dinheiro – R$ 5 mil na primeira entrega, em 26 de fevereiro, e R$ 1 mil na segunda, em 28 de fevereiro – destinava-se à compra do silêncio dele.

O ex-assessor disse à PF que as entregas foram feitas por Márcio Junqueira com o objetivo de que ele, Almeida, ficasse calado ou mudasse o teor de depoimentos dados anteriormente – desfavoráveis a Ciro Nogueira e Eduardo da Fonte (PP-PE). 

Junqueira foi preso no dia 24 de abril deste ano, mesmo dia em que a PF fez buscas nos gabinetes e apartamentos funcionais do senador Ciro Nogueira e do deputado Eduardo da Fonte.

Com informações da Agencia Brasil / Estadão / G1

Comentários
Política
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 23:20

26º

Min 24º Max 31º

Poucas nuvens

89% 7 km/h Fonte: Climatempo
RAPIDINHAS
Postada em 11/05/2018 ás 08h38

O Piauí é um dos estados que apresentaram maior crescimento nos gastos com a previdência de servidores, entre 2005 e 2016. Os dados, divulgados por Estadão, são de um levantamento realizado pelo economista piauiense Raul Velloso. O estudo aponta ainda que neste período, os gastos dos estados - na média - cresceram até 111%, chegando aos R$ 163 bilhões no último ano. Além do Piauí, Sergipe e Santa Catarina também registraram aumentos consideráveis nos gastos com a previdência. Os dados completos do estudo serão apresentados em um fórum nacional nesta quinta-feira (10).

Postada em 09/05/2018 ás 08h26

Não houve acertadores para as seis dezenas do concurso 2.038 da Mega-Sena, realizado nesta noite (8), em Maravilha (SC). As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 26 – 35 – 38 - 40. O prêmio estimado era de R$ 28 milhões. A estimativa de prêmio do próximo concurso, que ocorre na próxima quinta-feira (10), é distribuir R$ 30 milhões. A Quina teve 28 apostas ganhadoras, e cada um vai levar R$ 65.960,70. Outras 2.768 pessoas ganharam na Quadra, com prêmio de R$ 953,18 para cada.

Postada em 06/03/2018 ás 09h53

Há exatos 5 anos, no dia 6 de março de 2013 morreu o cantor e compositor da banda Charlie Brown Jr, Chorão. Fãs prestam homenagem na Internet ao ídolo.

Postada em 22/02/2018 ás 10h20

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou, nesta sexta-feira (16/02), os dados do setor de planos de saúde que são disponibilizados para consulta na Sala de Situação. Os números relativos a janeiro confirmam a tendência de estabilidade que vinha sendo observada ao longo de 2017, com leve crescimento tanto no comparativo mensal como no comparativo dos últimos 12 meses. São 47,4 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares no país, 119,5 mil a mais que o número registrado em dezembro e cerca de 64 mil a mais em relação a janeiro do ano passado.

Postada em 22/02/2018 ás 10h19

Com o objetivo de supervisionar e assegurar o exercício legal da profissão, o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) realizou a fiscalização em 75 empresas no último ano. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 12 mil em multas aplicadas.

Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2019 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium