Política
Eleições 2018
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Postada em 24/10/2018 ás 08h42
Fonte: Com informações do MP-PI

Ministério Público do Piauí realiza audiência pública para discutir problemas no transporte público

Durante a audiência foram apresentados os resultados de uma pesquisa sobre a qualidade do transporte em Teresina.
Ministério Público do Piauí realiza audiência pública para discutir problemas no transporte público
Audiência pública realizada na manhã desta terça-feira. Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI) realizou na manhã desta terça-feira (23), no auditório da sede Leste do MPPI, uma audiência pública para discutir o transporte público de Teresina. A audiência foi convocada no início de outubro e tem a finalidade de levantar informações com base na visão da sociedade sobre o transporte público na capital e buscar soluções junto às autoridades de trânsito responsáveis.

Estavam presentes na audiência representantes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviarios (Sintetro), Associação dos Cadeirantes de Teresina, Consórcios de Transporte Público Urbano de Teresina, lideranças comunitárias, estudantes e usuários de modo geral.

A audiência teve a colaboração da promotora Marlúcia Evaristo, titular da 28ª promotoria de Justiça de Teresina, especializada na defesa dos direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso. 

Durante a audiência foram apresentados os resultados de uma pesquisa realizada pela 32ª Promotoria de Justiça de Teresina, em maio, junto aos usuários do transporte público sobre a qualidade do serviço prestado. Para tanto, foi disponibilizado um questionário online com perguntas abordando diversos aspectos, como: satisfação, segurança, acessibilidade, comunicação, conforto e confiança no serviço.

No quesito satisfação, no subitem "Quantidade de veículos ser suficiente para atender a demanda", foi classificado por 92% dos usuários como ruim. Já 90,1% ressaltaram a importância do número de veículos ser adequada para atender a demanda dos passageiros.

O item conforto foi considerado ruim por 87,6% dos respondentes da pesquisa, assim como 84,5% avaliaram, também, como ruim o preço da tarifa em relação à qualidade do serviço prestado. 65,3% consideraram que as viagens não são cumpridas no horário. Sobre a disponibilidade de informações de horários e itinerários das linhas 60,6% julgaram ser ruim.

Durante a audiência, foi discutido sobre questões envolvendo a violência nos coletivos, a redução da frota, a supressão de rotas que, segundo os relatos dos usuários, leva à superlotação dos veículos. Outro problema diz respeito ao projeto de engenharia do Sistema de Integração dos ônibus e os atrasos das obras. Além disso, foi exposto pelos usuários os problemas sobre o acesso ao sistema de transporte público para a pessoa com deficiência. Segundo alguns participantes da audiência, existem problemas na hora da entrada e saída dos ônibus, em que alguns veículos apresentam altura desigual ao do local das paradas, e também sobre algumas plataformas danificadas.

O diretor de transporte da Strans, Francisco Nogueira, afirmou reconhecer os problemas que o Sistema de Integração enfrenta, incluindo os atrasos. Ele informou ainda que os coletivos seguem um padrão de produção em âmbito nacional e que os problemas a respeito da acessibilidade já foram notificados aos fabricantes.

Ele também apresentou que 80% do financiamento das obras do Sistema de Integração vêm do Governo Federal, através do Ministério das Cidades, e que este repasse está atrasado, causando demora na entrega. E ainda colocou que a construção dos terminais possui aval de órgãos como CREA e CAU, e que, portanto, a Prefeitura segue normas legais para a execução desses planejamentos.

Por fim, foi encaminhado que será realizada uma reunião com representantes da classe estudantil, Setut e Strans para discutir propostas para melhoria na prestação de serviço de transporte público em Teresina.

Comentários
Local
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 04:19

23º

Min 23º Max 31º

Nublado

5:36 am 6:1 pm 95% 6.44 km/h
RAPIDINHAS
Postada em 11/05/2018 ás 08h38

O Piauí é um dos estados que apresentaram maior crescimento nos gastos com a previdência de servidores, entre 2005 e 2016. Os dados, divulgados por Estadão, são de um levantamento realizado pelo economista piauiense Raul Velloso. O estudo aponta ainda que neste período, os gastos dos estados - na média - cresceram até 111%, chegando aos R$ 163 bilhões no último ano. Além do Piauí, Sergipe e Santa Catarina também registraram aumentos consideráveis nos gastos com a previdência. Os dados completos do estudo serão apresentados em um fórum nacional nesta quinta-feira (10).

Postada em 09/05/2018 ás 08h26

Não houve acertadores para as seis dezenas do concurso 2.038 da Mega-Sena, realizado nesta noite (8), em Maravilha (SC). As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 26 – 35 – 38 - 40. O prêmio estimado era de R$ 28 milhões. A estimativa de prêmio do próximo concurso, que ocorre na próxima quinta-feira (10), é distribuir R$ 30 milhões. A Quina teve 28 apostas ganhadoras, e cada um vai levar R$ 65.960,70. Outras 2.768 pessoas ganharam na Quadra, com prêmio de R$ 953,18 para cada.

Postada em 06/03/2018 ás 09h53

Há exatos 5 anos, no dia 6 de março de 2013 morreu o cantor e compositor da banda Charlie Brown Jr, Chorão. Fãs prestam homenagem na Internet ao ídolo.

Postada em 22/02/2018 ás 10h20

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou, nesta sexta-feira (16/02), os dados do setor de planos de saúde que são disponibilizados para consulta na Sala de Situação. Os números relativos a janeiro confirmam a tendência de estabilidade que vinha sendo observada ao longo de 2017, com leve crescimento tanto no comparativo mensal como no comparativo dos últimos 12 meses. São 47,4 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares no país, 119,5 mil a mais que o número registrado em dezembro e cerca de 64 mil a mais em relação a janeiro do ano passado.

Postada em 22/02/2018 ás 10h19

Com o objetivo de supervisionar e assegurar o exercício legal da profissão, o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) realizou a fiscalização em 75 empresas no último ano. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 12 mil em multas aplicadas.

Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2018 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium