Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Ilana Alencar

Ilana Alencar

Postada em 29/03/2019 ás 09h34

A comunicação inexorável

Diria que o amor surge justamente dessa sensação de comunicar-se com alguém, com a sua consciência.

Acredito na comunicação como instrumento de crescimento. Quando dividimos nossos pensamentos, abrimos ao outro as portas do nosso íntimo, último refúgio do inacessível, mas olha só quanta coisa acontece nesse momento, existe todo nosso cabedal de conhecimento prévio, nossa percepção emocional sobre os assuntos, as cargas culturais e sociais impregnadas, existe o impulso de ser compreendido, o prazer de encontrar eco, o prazer de causar aquele beliscão no pensamento do outro, de "despertar consciências", como diria Saramago. Ouso dizer que vivemos principalmente para interagir, ainda que não consigamos plenamente, ainda que possamos até tentar prescindir dessa necessidade, talvez a necessidade a que nos privamos nos domine ainda mais do que aquela a que nos entregamos... (outra coisa a se pensar).

Diria que o amor surge justamente dessa sensação de comunicar-se com alguém, com a sua consciência, o sentir-se conectado profundamente com alguém vem da fluência ou expectativa de fluência de dados, intelectuais, emocionais, voluntários e involuntários, a empatia, fonte primária do amor, é comunicar-se com o outro, percebê-lo, (interiorizar o outro).

Vivemos para isso, trocar, ver outra perspectiva, estimular-se e ao outro pela comunicação nos educa e desenvolve, somos tão avançados nisso que nos comunicamos de tantas formas, que inclusive no descomunicamos, muitas vezes querendo, negando a plenitude dos conteúdos, mentindo, as nuances são muitas, o ouvir, ou ler o outro dá trabalho por que requer usar o seu conteúdo para decodificar o mundo interior do outro, tem o que foi dito, o que deveria ser dito, o dito por omissão, o dito sem querer, e tem o ouvido, que pode até nem ser nada do anterior!

Pensar é uma atividade extenuante, absorver o mundo é tão grande, é tanto, tanto ao mesmo tempo, chegando sem cessar, sem aviso, o mundo da informação exige força e habilidade para filtrar e classificar.

Num exercício de puro achismo, credito parte da ansiedade e depressão que nos assolam a isso, muita informação, pouca comunicação, valorização da frieza nas relações, banalização dos sentimentos, nenhum tempo de reflexão e pressa, muita pressa, absurda pressa, nunca fui paciente, mas obviamente o mundo vem numa pressa absurda, me pego impaciente com um comercial de 20s, a era da satisfação fugaz e imediata leva a querer altas doses de novidades, diversão, emoção sem emoção real.

Repito mais uma vez, não sou psicóloga e tudo que falo é produto da minha confusão de ideias, escrevo para me comunicar com o outro, por que transbordo, por que preciso, mas principalmente por que assim consigo ordenar minha mente tão inquieta que irrita, aos outros, mas antes de tudo e principalmente a mim. 

Comentários
Artigos
TV Clube Notícias
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 02h49
27°
Alguma nebulosidade Máxima: 38° - Mínima: 24°
29°

Sensação

13 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp