Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos

Teresina

Por Redação

86 3085 3892

Postada em 08/07/2019 ás 18h05
Fonte: Portal Via Agora

Marcelo Castro quer mais transparência em gastos de campanha

O Projeto de Lei Lei 3810 /201 de autoria do senador prevê a fixação permanente de limites de gastos de campanha, disciplina a regulamentação do uso de recursos próprios para fins eleitorais.
Marcelo Castro quer mais transparência em gastos de campanha
Foto: Reprodução/MarceloCardosoGP1.

Maior transparência, fiscalização e controle em gastos de campanhas eleitorais para todos os cargos eletivos. Esses são alguns dos objetivos do Projeto de Lei 3810 /2019, de autoria do senador Marcelo Castro (MDB-PI).

O documento prevê a fixação permanente de limites de gastos de campanha, disciplina a regulamentação do uso de recursos próprios para fins eleitorais e busca dar maior visibilidade às mulheres candidatas. Protocolado no Senado Federal, o documento segue para análise na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) da Casa.

Em relação aos limites de gastos em campanhas eleitorais, firma valores de acordo com o cargo pleiteado e o número de eleitores em estados e municípios. A medida vem ao encontro do que já foi aplicado para eleições de 2016 e 2018, mas de forma transitória.

Além de estabelecer um caráter permanente, o documento traz diferenças nos casos de municípios. Nas últimas eleições, a regra definia o teto de gastos com base no maior valor declarado na eleição anterior. No projeto de lei do senador Marcelo Castro, a proposta é de estratificar os municípios em faixas de eleitorado que agrupassem situações similares, com limites compatíveis a essas demandas.

Só para citar alguns exemplos, no caso de prefeito, em locais de até 5 mil eleitores, serão, no máximo, R$ 150 mil; e para vereador, R$ 30 mil. Em municípios com população entre a 500 mil e 1 milhão de pessoas, o valor para prefeito será de R$ 2 milhões e, para vereador, de R$ 300 mil.

“Há um vácuo legislativo. O limite de gastos foi estabelecido apenas para as eleições passadas, mas não há teto para 2020”, explica o senador Marcelo Castro. “Precisamos aprovar esse PL até 3 de outubro para vigorar para as próximas eleições. É uma medida necessária e imprescindível. Sem ela, teremos uma confusão, porque não saberemos os gastos. Como está, sem norma, cada candidato poderá gastar o que quiser”, completa.

Recursos próprios e presença feminina

O Projeto de Lei também disciplina o uso de recursos próprios em campanhas, limitados a 20% do valor que foi estabelecido para o cargo ao qual concorre.  O total, entretanto, não pode ultrapassar R$ 1 milhão. A medida inibe privilégio dos mais ricos e permite maior igualdade no processo eleitoral.

Além disso, outro ponto de destaque do PL é a aplicação em partidos públicos de um percentual mínimo (30%) dos recursos em campanhas femininas para chapas majoritárias. O objetivo é estimular partidos a apresentarem candidatas em pleitos majoritários, ainda que figurem como suplentes ou vices.

Mudanças

O sistema eleitoral passou por diversas mudanças nos últimos anos. Entre elas, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2015, que proibiu doações de empresas a partidos e candidatos. Desde então, cresceu o aporte de recursos públicos para campanhas e foi criado, em 2017, o Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC).

Comentários
Política
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 09:02

27º

Min 24º Max 36º

Alguma nebulosidade

79% 7 km/h Fonte: Climatempo
RAPIDINHAS
Postada em 11/05/2018 ás 08h38

O Piauí é um dos estados que apresentaram maior crescimento nos gastos com a previdência de servidores, entre 2005 e 2016. Os dados, divulgados por Estadão, são de um levantamento realizado pelo economista piauiense Raul Velloso. O estudo aponta ainda que neste período, os gastos dos estados - na média - cresceram até 111%, chegando aos R$ 163 bilhões no último ano. Além do Piauí, Sergipe e Santa Catarina também registraram aumentos consideráveis nos gastos com a previdência. Os dados completos do estudo serão apresentados em um fórum nacional nesta quinta-feira (10).

Postada em 09/05/2018 ás 08h26

Não houve acertadores para as seis dezenas do concurso 2.038 da Mega-Sena, realizado nesta noite (8), em Maravilha (SC). As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 26 – 35 – 38 - 40. O prêmio estimado era de R$ 28 milhões. A estimativa de prêmio do próximo concurso, que ocorre na próxima quinta-feira (10), é distribuir R$ 30 milhões. A Quina teve 28 apostas ganhadoras, e cada um vai levar R$ 65.960,70. Outras 2.768 pessoas ganharam na Quadra, com prêmio de R$ 953,18 para cada.

Postada em 06/03/2018 ás 09h53

Há exatos 5 anos, no dia 6 de março de 2013 morreu o cantor e compositor da banda Charlie Brown Jr, Chorão. Fãs prestam homenagem na Internet ao ídolo.

Postada em 22/02/2018 ás 10h20

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou, nesta sexta-feira (16/02), os dados do setor de planos de saúde que são disponibilizados para consulta na Sala de Situação. Os números relativos a janeiro confirmam a tendência de estabilidade que vinha sendo observada ao longo de 2017, com leve crescimento tanto no comparativo mensal como no comparativo dos últimos 12 meses. São 47,4 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares no país, 119,5 mil a mais que o número registrado em dezembro e cerca de 64 mil a mais em relação a janeiro do ano passado.

Postada em 22/02/2018 ás 10h19

Com o objetivo de supervisionar e assegurar o exercício legal da profissão, o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI) realizou a fiscalização em 75 empresas no último ano. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 12 mil em multas aplicadas.

Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2019 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium