Política
Economia
Esportes
Entretenimento
Concursos
Downloads
  • Secretaria Estadual de Saúde
  • ITTNet
  • Ilhotas Padaria
  • SESAPI Dengue
  • Grupo CEV (atualizado 29-07)

86 3085 3892

Postada em 18/07/2019 ás 20h28 - atualizada em 06/08/2019 ás 09h41

Em entrevista, João Amoêdo fala de eleições no Piauí e diálogos de Sérgio Moro

Ao Caçando Conversa, o presidente do Novo comentou ainda sobre polêmicas do ministro do Meio Ambiente.
Em entrevista, João Amoêdo fala de eleições no Piauí e diálogos de Sérgio Moro
João Amoêdo em sua vinda a Teresina. Foto: Davi Fernandes/GP1

O Presidente Nacional do Partido Novo, João Amoêdo, afirma que não encontrou ilegalidades nas conversas do então juiz Sérgio Moro, atual Ministro da Justiça, com membros da Procuradoria-Geral da República, revelados pelo The Intercept Brasil. A declaração foi dada em uma entrevista ao Canal Caçando Conversa.

O ex-presidenciável afirma que esta seria uma tentativa de desmoralizar o trabalho de Moro na Operação Lava-Jato. "A troca de mensagens que ele fez eu não vi nada de grave e nada que mudasse essencialmente mudasse o rumo da investigação, nem mesmo as provas que foram obtidas. Me parece uma narrativa de quem está do outro lado querendo descredenciar todo o processo que foi feito", afirma.

Amoêdo reafirma também que, se eleito, teria chamado o ex-juiz juiz federal da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba para uma vaga de ministro da Justiça ou do STF, como declarou em entrevista à Revista Veja. "O Sérgio Moro para mim é um quadro excepcional. Fez um trabalho brilhante na Lava-Jato. Eu não teria nenhum problema em ter convidado para ser um membro do Governo. Talvez ele tivesse uma carreira de juiz ainda a ser percorrida", diz.

Ministro do Meio Ambiente

Ainda na entrevista, o presidente falou sobre o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles (Novo-SP), que já foi condenado em primeira instância em dezembro do ano passado por improbidade administrativa por atos praticados durante sua gestão à frente da Secretaria Estadual de Meio Ambiente de São Paulo.

"O Ricardo Salles é um filiado do Novo, foi escolhido pelo Presidente Bolsonaro e não teve nenhuma participação do Partido. Nosso estatuto prevê que o filiado tenha que sair caso condenado em segunda instância, o que não é o caso dele. Por enquanto ele não fez nada que atentasse contra os princípios e valores do Partido. Se isso acontecesse, certamente teríamos uma dos 48 mil filiados questionando ele no Comitê de Ética, e isso ainda não ocorreu", avalia.

Eleições 2020

A legenda no Piauí já iniciou o processo de seleção do candidato para as eleições de 2020 para prefeito de Teresina e vereadores. "No Novo o processo é diferente, a candidatura tem que ser uma consequencia de um processo de atração de filiados, de ideias e não somente ser uma legenda a procura de um candidato. Pretendemos, portanto, ter uma candidatura independente pra prefeitura e também para vereadores. Ainda não tem nenhum nome sondado, estamos começando esse processo agora", afirma na entrevista.

Amoêdo revela ainda que não tem planos para candidatura no ano que vem e que tem outras prioridades. "Não estou pensando isso agora. Agora o objetivo é estruturar o partido, ao continuar fazendo essa expansão das ideias e eleição por enquanto está fora do radar", conclui.

Confira a entrevista na íntegra:

Acompanhe as redes sociais do canal:

Instagram: instagram.com/cacandoconversapi

Facebook: facebook.com/cacandoconversapi

Twitter: twitter.com/cacaconversa

Comentários
Política
TV Clube Notícias
Facebook

Teresina - PI

Obtido às 19:23

30º

Min 22º Max 36º

Alguma nebulosidade

43% 2 km/h Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium