Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads

Picos

Por Redação
Postada em 31/07/2019 ás 16h15 - atualizada em 02/08/2019 ás 14h48
Fonte: Portal Via Agora

Moradores de Picos protestam e interditam acesso ao Lixão do Valparaíso

Os moradores se concentraram em frente ao portão de acesso ao Lixão do Valparaíso e, durante o dia de hoje não foi permitida a entrada de nenhum caminhão coletor.

Em protesto contra o descaso da administração do prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), a comunidade do Valparaíso interditou o acesso ao lixão e proibiu a entrada dos coletores. A manifestação é pacífica e teve início na manhã desta terça-feira, 30 de julho, e prossegue até às 22 horas.

Os moradores se concentraram em frente ao portão de acesso ao Lixão do Valparaíso e, durante o dia de hoje não foi permitida a entrada de nenhum caminhão coletor. A comunidade também afixou algumas faixas com frases, cujo teor mostra a insatisfação com o tratamento dispensado pelo prefeito Padre Walmir.

“Prefeito! Não foi o lixão que você nos prometeu em palanque pras comunidades”. “As comunidades de Valparaíso, Morrinhos, Bugi e outras querem ser ouvidas pelo poder público e judiciário, sobre a temática do lixão de Picos”. “Atenção! Foi o primeiro aterro sanitário no Brasil a pegar fogo, queimando toneladas e toneladas de lixo a céu aberto em Picos”. São alguns exemplos das faixas expostas na entrada de acesso ao Lixão do Valparaíso.

Fumaça intensa

Segundo a professora Rosilene Moura, presidente da Associação de Moradores do Valparaíso, desde o último domingo, 28, que a fumaça provocada pelo fogo no lixão é intensa e já atingiu várias comunidades vizinhas, dentre as quais Bugi dos Almondes Morrinhos, Baixas dos Mouras e outras, chegando até ao município de Sussuapara.

“Por causa da fumaça intensa os moradores do povoado Valparaíso vêm sofrendo com falta de ar, principalmente as crianças e idosos. Hoje nós resolvemos tomar essa decisão, pois piorou ainda mais a situação. O lixo pegou fogo não em partes, mas está totalmente queimado e, dessa forma a fumaça atinge não somente a nossa comunidade, mas as vizinhas também” – denunciou Rosilene Moura.

Diante do caos vivido pela comunidade desde as primeiras horas da madrugada do último domingo, os moradores resolveram interditar o acesso ao lixão e proibir a entrada dos caminhões coletores. A principio, o protesto segue até as 22 horas desta terça-feira, mas, poderá se prolongar se nenhuma providência for adotada pelo poder público municipal.

“Hoje nós resolvemos fazer esse protesto de apenas um dia para chamarmos a atenção da gestão municipal e do Ministério Público Estadual. Queremos mostrar para eles que nós não estamos mais aguentando essa situação. A manifestação é para ser somente de um dia! Estamos certos de obstruir a entrada [Do lixão] até as 22 horas, mas, se persistir como está pode ser que a gente prossiga acampados aqui em frente até que sai uma solução” – admitiu Rosilene Moura.

Apesar da gravidade do problema vivenciado pelos moradores, Rosilene Moura disse que a Prefeitura de Picos tem sido omissa, ressaltando que o prefeito Padre Walmir (PT) virou as costas para a comunidade do Valparaíso.

“A Prefeitura tem sido omissa em relação ao problema! Já nos reunimos algumas vezes com representantes da gestão, mas nunca cumpriram com nada do prometido. Eles só agem como hoje, que tem carro pipa de toda região, quando a gente protesta e vem aqui para frente. Esse problema surgiu desde domingo e só tinha dois carros-pipa. A Prefeitura tem sido omissa e virado as costas para a comunidade” – denuncia Rosilene Moura.

Perseguição

Alheio aos problemas causados aos moradores do Valparaíso, o prefeito Padre Walmir tem ignorado os males provocados pelo lixo depositado de forma inadequada e, ao mesmo tempo agido com rigor contra aqueles que se manifestam em favor da comunidade. 

Em novembro do ano passado a presidente da Associação de Moradores do Valparaíso, professora Rosilene Moura, teve o seu contrato de trabalho temporário rescindido abruptamente e antes do prazo previsto, pela Secretaria Municipal de Educação numa clara demonstração de represália. 

A Secretaria Municipal de Educação é gerida pela também professora Rosilene Monteiro (PT), esposa do vereador e líder do governo na Câmara de Picos, Evandro Lima de Moraes, o Evandro Paturi.

Publicado originalmente pelo Informa Picos.

Comentários
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
  • O Boticario - Banner lateral
Teresina - PI
Atualizado às 07h24
24°
Muitas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 23°
24°

Sensação

4 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Senado Federal
  • Ban - Lateral - Momentos Cidade Junina
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp