Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads

Teresina

Por Redação
Postada em 10/10/2019 ás 14h42 - atualizada em 11/10/2019 ás 09h20

#MeninasOcupam: ação pretende levar meninas à cargos de poder por um dia em Teresina

As experiências incluem as funções de gestoras de secretarias do município, vereadoras, deputadas estaduais e até prefeitas.
#MeninasOcupam: ação pretende levar meninas à cargos de poder por um dia em Teresina
Bárbara Martins foi Secretária Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação por um dia. Foto: Reprodução/ SMPM

Em Teresina, 14 meninas com idades entre 13 e 19 anos ocuparão lugares de destaque nas funções de gestoras de secretarias do município, vereadoras e deputadas estaduais por um dia. A ação #MeninasOcupam tem como objetivo proporcionar a experiência de meninas viverem uma situação de poder por um dia, mostrando que elas podem ser ouvidas e reforçando a igualdade de gênero em alusão ao dia 11 de outubro, data em que é celebrado o dia Municipal e Internacional da Menina. 

A ação iniciou na última segunda-feira (7) e a primeira menina a ocupar uma cadeira de destaque foi Bárbara Martins, de 19 anos, moradora da zona rural leste de Teresina. Bárbara ocupou o cargo de secretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) no lugar do Secretário Marco Antônio Ayres e aprendeu mais sobre o dia a dia do gestor.

O Secretário Marco Antônio Ayres aprovou a ideia e reconhece a importância da ação. “Essa ação de meninas ocuparem espaços de poder e tomadas de decisões é uma atividade bastante relevante. É uma iniciativa muito bem pensada, pois desperta o conhecimento e o potencial dessas meninas. Hoje, além de conhecer o meu dia a dia de trabalho, Bárbara pôde autorizar alguns serviços, como o de iluminação, que são de responsabilidade da secretaria, para que sejam realizados em sua comunidade”, explicou.

Para Bárbara, a experiência foi bastante enriquecedora. “Gostei muito de participar como secretária da SEMDUH, pois além de conhecer todo o funcionamento da secretaria e trabalho realizado, levei projetos e demandas para a minha comunidade. Como secretária pude autorizar serviços de iluminação pública para a região onde moro, além de solicitar orçamento para ampliar a iluminação pública, o que vem dificultando o acesso de muitas meninas a escola devido a escuridão que fica pelo local no período noturno”, pontuou.

A ação é uma realização da ONG Plan International em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) de Teresina. 

Para a secretária municipal de Políticas Para Mulheres, Macilane Gomes, essa é uma oportunidade para que essas meninas tenham voz e vez e através da atividade repassem suas demandas e necessidades.  “Essa é uma forma de ampliar o poder das meninas e também mostrar o compromisso da Prefeitura de Teresina em apoiar a igualdade de gênero, dando espaço para que elas elevem sua voz e repassem suas demandas”, afirma.

Na terça-feira (8) foi a vez de Ana Cláudia, de 17 anos, ocupar o cargo de Secretária Executiva da Fundação Wall Ferraz, função atualmente de Samara Cristina da Silva. Já no dia 23 de outubro, Auricélia Oliveira ocupará o lugar do prefeito Firmino Filho.

Teresina foi a primeira capital a reconhecer o dia da Menina. Foto: Reprodução/ SMPM
Teresina foi a primeira capital a reconhecer o dia da Menina. Foto: Reprodução/ SMPM

Geyse Bezerra Costa, gerente da Unidade de Programas da Plan International Brasil em Teresina, destaca que o principal objetivo da ação é para que essas meninas sejam ouvidas em suas demandas e, assim, proporcioná-las garantia de direitos.

“Este ano estamos realizando também a campanha #meninaspelaigualdade e nosso esforço é para que elas ocupem esses espaços de liderança, possibilitando que sejam ouvidas em suas demandas, dando até mesmo visibilidade à violência sofrida por elas simplesmente por serem meninas. Essa é uma luta pela garantia de direitos e em busca de um mundo justo e igualitário para todas e todos”, pontua.

Teresina foi a primeira capital a reconhecer o dia da Menina

De acordo com a ONG Plan International Brasil, Teresina foi a primeira capital a incluir a data no calendário oficial de eventos por meio da Lei 4.962, sancionada em 12 de fevereiro de 2016. E em agosto desse ano, foi aprovada também a Lei que considera a data como o dia estadual das Meninas.

Além disso, como resultado dos esforços da Plan para mobilizar governos e estados sobre o tema, em 2012 a ONU instituiu, em Assembleia Geral, o Dia Internacional da Menina, estabelecido no dia 11 de outubro. A Plan International é uma organização não-governamental de origem inglesa ativa há 76 anos e presente em 70 países.

Comentários
Política
TV Clube Notícias
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 14h47
37°
Nuvens esparsas Máxima: 39° - Mínima: 23°
37°

Sensação

9 km/h

Vento

29%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp