Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 22/04/2018 ás 15h58

Governo do Piauí não teria repassado aos bancos R$ 150 milhões descontados por empréstimos de servidores

Denuncia investiga se governo do Piauí deixou de repassar dinheiro descontado no contracheque por empréstimos consignados.
Governo do Piauí não teria repassado aos bancos R$ 150 milhões descontados por empréstimos de servidores
Governador Wellignton Dias.

Como já é conhecido, o crédito consignado é a modalidade de crédito pessoal em que o valor das parcelas é descontado automaticamente, direto no contracheque ou benefício INSS. Por exemplo, essa é uma forma de servidores públicos e empregados de algumas empresa privadas pegarem empréstimos e parcelar o valor para pagamento dessa divida, com juros bem menores. A modalidade é benéfica tanto para o trabalhador, quanto para instituição financeira, já que o valor da mensalidade de pagamento de empréstimo é descontado direto da conta do trabalhador e repassado para a instituição, caindo assim os riscos de calote por parte da pessoa que pegou empréstimo.

Apesar disso, as instituições financeiras que concederam empréstimos à servidores públicos estaduais do Piauí, estariam passando por mal bocados. Isso porque, segundo denuncias o Governo do Piauí estaria realizando o desconto no contracheque dos servidores que tem empréstimo consignado, mas não estariam repassando esse dinheiro para as instituições financeiras. Que por sua vez, estariam emitindo cobranças e deixando negativados os servidores do Estado, que nada teriam haver com a possível ‘irresponsabilidade’ do Governo do Estado, que estaria ‘tomando’ pra si um dinheiro que não lhe pertence.

Caso na Justiça

A notícia sobre o calote as financeiras por parte do Governo do Piauí chegou a imprensa que difundiu a informação e agora o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) quer saber se isso é realmente verídico. Para isso, instaurou auditoria, tendo uma equipe de auditores do Tribunal a missão de fazer uma vistoria nas contas do Governo, com relação ao caso, e apurar essas informações.

O tribunal agora que saber se o Governo está cumprindo seu papel de mediador, entre o servidor e a instituição financeira, e não dando calote nesses dois últimos citados. 

Políticos da oposição, que já teriam feito essa auditoria, denunciam que são mais de R$ 150 Milhões descontados dos servidores, mas que o Governo não repassou aos bancos. Deixando os servidores inadimplentes nos bancos por não repassarem os valores descontados, tendo os servidores até já recebido cartas de cobranças das instituições credoras.

Comentários
Política
TV Clube Notícias
Facebook
Teresina - PI
Atualizado às 02h32
27°
Alguma nebulosidade Máxima: 40° - Mínima: 24°
29°

Sensação

11 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Instagram
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2020 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp