Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Ilana Alencar
Postada em 05/10/2020 ás 10h08

Somos líquidos

O advento da internet já nos mudou totalmente. Nos moldou e molda até os pensamentos e reações desde sua criação. Foi sutil. Começou com a facilidade de pesquisa, armazenamento de dados e transmissão, mas era protocolar a princípio. Tínhamos ainda certa liturgia no trato com as coisas digitais. A mudança se acelerou quando mudamos nossa forma de usar a internet. Virou fonte de música, de filmes e principalmente de outras pessoas...

Olha aí o que as redes sociais fizeram conosco. Primeiro nos deram uma forma de encontrar sem muito custo as pessoas distantes, conversar e mandar notícias ininterruptamente sem muitos gastos. Depois passamos a conhecer pessoas através delas, ativamos nossa necessidade de atenção e acolhimento, e usamos as redes para falar de nós. Olha aí a segunda fase é mais definitiva, passamos a coexistir no plano físico e virtual, mas o virtual tem um elemento que o físico não permite: a escolha.

Podemos escolher o que mostrar, o que dizer, podemos omitir, ressaltar e divulgar, o nosso melhor ou o que assim julgamos ser, vai sendo filtrado e peneirado. A sensação provocada pela impessoalidade das redes é atiçadora das nossas características. Permite comentários mordazes, críticas ácidas e cantadas insolentes. Permite sensualizar e provocar, permite criar versões de si mesmo, aí já viu... passamos a acompanhar vidas de estranhos e nos sentir próximos deles, com liberdades de palpite sem precedentes.

E percebemos o outro segundo parâmetros novos, vemos que temos filtros de beleza e Photoshop para melhorar nossa imagem externa. Temos o Google pra criar frases de efeito e parecer mais inteligentes e muitas vezes, nos perdemos de nós mesmos.

Essa bipolaridade é tão difundida e inescapável que é importante manter em mente o tempo todo a sua existência pra que a gente não esqueça nunca que essa parte é gelatinosa e sem forma fixa, que não nos define pra completo, mas que certamente no integra é da nossa essência já e mostra além do pretendido sobre nós.

A vida sem ela não mais existe, as redes sociais são inevitáveis e necessárias, uma relação honesta consigo mesmo é o que vai nos regular nesse momento fluido que vivemos, nessa era de Bauman além dos relacionamentos amorosos, somos líquidos até perante nós mesmos, vamos nos pensar.

Comentários
Artigos
Sobre
Ilana Alencar
Ilana Alencar
  • newland
  • O Boticario - Banner lateral
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
Teresina - PI
Atualizado às 03h40
22°
Céu encoberto Máxima: 30° - Mínima: 22°
22°

Sensação

7 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2022 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp