Política
Economia
Clube Entretenimento
Entretenimento
Concursos
Downloads
Postada em 04/01/2021 ás 10h29
Fonte: Com informações do Poder Piauí

Senadores do Piauí gastaram quase R$ 1 milhão com cota parlamentar em 2020

O recurso é destinado para bancar os gastos das atividades dos parlamentares, como transporte e alimentação.
Senadores do Piauí gastaram quase R$ 1 milhão com cota parlamentar em 2020
Foto: Reprodução

Os três senadores do Piauí gastaram juntos um total de R$ 911 mil de cota parlamentar durante o ano de 2020, aponta um levantamento do portal Poder Piauí junto ao portal da transparência do Senado Federal. O recurso é destinado para bancar os gastos das atividades dos parlamentares, como transporte, alimentação, hospedagem e material de consumo para os gabinetes.

Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressista, foi o senador piauiense que mais realizou gastos com a cota parlamentar. Ele utilizou R$ 335.909,60 até o dia 31 de dezembro de 2020, segundo a Secretaria de Finanças, Orçamento e Contabilidade do Senado.

Desse valor, R$ 273.396,80 foi gasto com combustíveis de aeronaves e veículos, aluguel de carros, alimentação e hospedagem; R$ 57.032,54 com divulgação da atividade parlamentar; e R$ 5.280,66 com passagens aéreas.

O senador Ciro Nogueira gastou ainda R$ 83.555,91 que não foram incluídos como Cotas para Exercício da Atividade Parlamentar. O valor é referente a despesas com os serviços dos Correios e viagens realizadas pelo senador a Roma, para canonização da Irmã Dulce; a Orlando (EUA), para a convenção dos 40 anos da Associação Brasileira de Distribuidores Honda; e a Nova Iorque (EUA), para participar da 74ª Assembleia Geral da ONU.

Todas as viagens foram realizadas em 2019, mas ressarcidas em março de 2020.

O senador Marcelo Castro (MDB) foi o segundo piauiense que mais gastou a cota do Poder Legislativo. Ao todo, o emedebista utilizou R$ 249.022,39. As maiores despesas foram com a contratação de agência de propaganda (R$ 110.000,00), aluguel veículos e compra de combustível (R$ 99.829,39), passagens aéreas (R$ 22.043,00) e aluguel de imóveis para escritório (R$ 17.150,00). 

Já o senador Elmano Férrer (Progressista) utilizou R$ 240.076,39 da cota parlamentar. Segundo o levantamento, o maior gasto do senador durante o ano de 2020 foi com a contratação de assessoria de comunicação; foram R$ 66.720,00 destinados para essa finalidade. Logo em seguida aparece R$ 65.779,17 gastos com aluguel de imóveis, e R$ 63.947,48 para aluguel de veículos e combustível. Elmano Ferrer declarou ainda que teve gastos com passagens aéreas (R$ 26.221,01) e segurança privada (R$ 2.737,56).

Os valores ressarcidos aos senadores do Piauí são menores do que os registrados em 2019. Naquele ano, o senador Ciro Nogueira gastou R$ 442.115,71 de cota, seguido Elmano Férrer, com R$ 420.936,08, e Marcelo Castro, com R$ 356.154,62. 

Comentários
Política
  • O Boticario - Banner lateral
  • Lateral - Vem pro parque - Home 03
Teresina - PI
Atualizado às 02h12
25°
Alguma nebulosidade Máxima: 32° - Mínima: 22°
25°

Sensação

8.1 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
  • Amarração Hotel (atualizado 31-07)
Podcast Momento Jurídico
  • Ban - Lateral - Momentos Cidade Junina
Facebook
Clube Notícias - Piauí, Teresina, Meio Norte, Nordeste, Parnaíba, Picos, Campo Maior, Piripiri, cotidiano, economia, política, saúde, educação e entretenimento
© Copyright 2021 - Clube Notícias - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium
Envie-nos uma mensagem!WhatsApp